Aguarde...

cotidiano

Polícia Civil prende homem que se passava por juiz para aplicar golpes

A prisão do suspeito foi no início da noite desta quarta-feira (16) em uma loja na cidade de Serra Azul; Ele prestou depoimento em delegacia de Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao

 

Polícia Civil prende homem que se passava por juiz para aplicar golpes em lojas e hotéis (Foto Renato Lopes / Especial)

A Polícia Civil prendeu, no início da noite desta quarta-feira (16), um homem de 40 anos acusado de se passar por juiz para aplicar golpes em lojas e hotéis de diversas regiões do país.  

Somente no estado de São Paulo foram feitos 62 boletins de ocorrências contra ele.  

A prisão ocorreu em um comércio na cidade de Serra Azul.  

Um policial identificou o suspeito por meio de um alerta com informações do estelionatário. 

Segundo a Polícia Civil, ele fazia compras e falava que depois pagaria por meio do Tribunal de Justiça, mas os comerciantes sempre ficavam no prejuízo.  

O delegado Diógenes Santiago Neto, da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) em Ribeirão Preto, afirmou que o homem pratica esse crime há oito anos e que existem ocorrências também no Paraná, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro - onde já teria sido preso.  

Com ele os policiais encontraram varias roupas de marca, distintivos do poder judiciário e certificados falsos, além de um carimbo de juiz.  

Ele foi reconhecido por vendedores de uma loja de Ribeirão que caíram no golpe recentemente.  

O suspeito prestou depoimento na Deic, no Centro de Ribeirão, e responderá pelo crime de estelionato. (Com EPTV)


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON