Aguarde...

cotidiano

Ribeirão Preto teve cerco semelhante ao caso Lázaro; Relembre

Serial killer mobiliza as polícias de Goiás e do Distrito Federal; Em Ribeirão, cerco envolveu assaltantes de banco

| ACidadeON/Ribeirao

Lázaro Barbosa é procurado pela polícia de Goiás e do Distrito Federal (Imagem: Divulgação)

Ribeirão Preto já viveu uma situação semelhante ao cerco que as polícias de Goiás e do Distrito Federal fazem há 13 dias para tentar prender o serial killer Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos.

Em novembro de 2000, a polícia de Ribeirão Preto ficou mobilizada por duas semanas em busca de integrantes de uma quadrilha que assaltava bancos.

Em 9 de novembro de 2020, a quadrilha rendeu a família de um gerente de uma agência da Caixa Federal. Em seguida, 70 funcionários da agência foram feitos refém e a quadrilha conseguiu roubar R$ 1 bilhão em joias penhoradas.

Os assaltantes trocaram tiros com a polícia, dois ladrões e um policial acabaram morrendo. Sete bandidos foram presos e parte das joias foi recuperada.

No entanto, dois bandidos se esconderam na Mata de Santa Teresa, entre as zona Sul e Oeste de Ribeirão Preto. A partir daí, a ação mobilizou aproximadamente 400 policiais para cercar a mata.  

Os policiais foram com muita cautela, porque a expectativa é que os bandidos estivessem fortemente armados. Foi chamdo reforço de São Paulo, mas as buscas terminaram em 23 de novembro sem a que os dois bandidos fossem encontrados.


Caso Lázaro

Lázaro, que tem extensa ficha criminal, é procurado desde o dia 9 de junho. Segundo a polícia, ele matou o empresário Cláudio Vidal, de 48 anos, e os dois filhos dele, Gustavo Vidal, de 21, e Carlos Eduardo Vidal, de 15, na chácara da família.

A mulher de Cláudio, Cleonice Marques, de 43 anos, foi levada pelo Lázaro e encontrada morta três dias depois. Desde o início da fuga, Lázaro invadiu pelo menos 12 propriedades rurais e fez uma série de reféns.

Mais de 200 agentes de forças de segurança atuam nas buscas, com drones, cães farejadores e helicópteros.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON