Publicidade

cotidiano

Ribeirão registra aumento de roubos, furtos e homicídios em agosto

Nos primeiros oito meses deste ano foram registrados 37 homicídios, contra 29 no mesmo período de 2020, aponta Secretaria de Segurança Pública

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Revólver apreendidos em Ribeirão Preto - Foto: Arquivo ACidade ON

O número de homicídios em Ribeirão Preto entre janeiro e agosto deste ano é o maior em sete anos na cidade. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (24) pela Secretaria da Segurança Pública (SSP).  

De acordo com o mapa da criminalidade, foram registrados nos oito primeiro meses do ano, 37 homicídios. No mesmo período do ano passado foram 29 ocorrências - um aumento de 27,5%.   

O último ano em que a cidade teve mais de 37 homicídios foi em 2013, quando 41 pessoas foram assassinadas entre janeiro e agosto daquele ano. 

Roubos e furtos

Os dados da SSP também mostram aumento de roubos e furtos em Ribeirão Preto nos oito primeiros meses deste ano, comparado a 2020. 

De acordo com o órgão, no ano passado foram registrados 4.123 furtos em geral. Em 2021, tiveram 4.491 ocorrências, um aumento de 7,6%.

Em relação aos roubos gerais, foram registradas 1.270 ocorrências em 2020, contra 1.514 em 2021. A alta é de 18,9%, informa a SSP.

Outro lado 

A SSP afirma que que no ano passado, por causa das medidas mais restritivas da pandemia, muitos indicadores de crimes  caíram porque o movimento parou nas ruas.  

Em relação aos furtos e roubos, acrescenta que o policiamento foi reforçado na cidade e que de janeiro a julho, mais de mil e quatrocentas pessoas foram presas em Ribeirão. 

Disse também que as delegacias fazem investigações para identificar e prender os assaltantes de todos os casos de furtos e roubos registrados pelas vítimas.

VEJA TAMBÉM - SSP divulga dados da criminalidade em agosto no estado de SP


Mais notícias


Publicidade