Publicidade

cotidiano

Região: Homem esfaqueou irmã trans e namorado por preconceito

Segundo o delegado do caso, Gabriel Fernando Tomaz Silva, o acusado não aceita a orientação sexual da irmã trans, de 21 anos ; Ele está preso no CDP de Franca

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Central de Polícia Judiciária de Franca - Foto: Reprodução/EPTV

O homem que esfaqueou a irmã trans e o namorado dela, na manhã desta segunda-feira (11) em Franca, disse em depoimento à Polícia Civil que não aceita a orientação sexual da vítima. O caso aconteceu no bairro Vila Santos Dumont. 

O rapaz de 34 anos, foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade, onde aguarda a audiência de custódia. O delegado que acompanha o caso, Gabriel Fernando Tomaz Silva disse ao G1, que o pedido de prisão preventiva já foi encaminhado à Justiça.  

Segundo ele, o acusado já havia sido alvo de boletim de ocorrência por agressão verbal contra a irmã em junho deste ano.  

As duas vítimas foram socorridas por ambulâncias do Samu e encaminhadas para o Hospital Santa Casa de Franca, com ferimentos no abdômen, braço e pescoço. Até o momento, não há informações sobre o estado de saúde do casal. 

VEJA TAMBÉM - Mãe é acusada de maus-tratos contra filhos em Ribeirão Preto



Mais notícias


Publicidade