Publicidade

cotidiano

Ribeirão: Preso suspeito de roubar dois comércios em 1 hora

Polícia Civil cumpriu mandado de prisão nesta segunda (18); loja de roupas e conveniência foram assaltadas em 14 de setembro

| ACidadeON/Ribeirao -

  

A Polícia Civil de Ribeirão Preto cumpriu, na manhã desta segunda-feira (18), um mandado de prisão temporária contra um homem, de 40 anos, suspeito de roubar dois comércios na cidade. Os crimes ocorreram no dia 14 de setembro, em um intervalo de aproximadamente 1 hora.

Um dos crimes ocorreu às 14h37, em uma loja de roupas infantis localizada no Jardim Paulista, na zona Leste. Em seguida, às 15h41, a conveniência de um posto de combustíveis foi alvo do roubo, na avenida Presidente Vargas.
 
VEJA TAMBÉM: Homem mata a esposa de 65 anos com facada em cidade da região

Em ambos os casos, as ações foram registradas pelas câmeras de segurança dos comércios, que ficam a uma distância aproximada de quatro quilômetros. O homem teria se deslocado com uma bicicleta. (assista ao vídeo acima)

"Chegaram para a equipe de investigação imagens que possibilitaram a identificação do indivíduo. Elas foram trabalhadas pela equipe, que conseguiu apurar a sua identificação. Após esse fato, esse indivíduo foi reconhecido pelas vítimas", disse o delegado Rodolfo Latif Sebba, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), em entrevista à rádio CBN Ribeirão.
 
Nas filmagens, o suspeito aparece vestindo as mesmas roupas e o mesmo boné.

"Mediante grave ameaça, ele subtraiu dinheiro, aparelhos celulares, entre outros itens. Até o presente momento, a Polícia Civil ainda está trabalhando na recuperação dos objetos", afirmou Sebba. 

Segundo o delegado, o homem foi encontrado em uma residência na Vila Tibério, zona Oeste. A quantia em dinheiro levada nos assaltos, porém, não foi informada.

Ainda conforme Sebba, o suspeito já havia cumprido pena por crimes contra o patrimônio e deixou a prisão em 19 de agosto.

Autuado, ele negou à polícia ter cometido ambos os roubos aos comércios.  

Por conta do mandado expedido pela Justiça, ele ficará preso temporariamente por cinco dias. 

"Nós vamos fazer diligências para esclarecer esses fatos e recuperar os objetos subtraídos. Ele permanecerá preso e, após esse fato, nós vamos deliberar pela prisão preventiva ou não. A polícia apurou que ele agiu sozinho nos crimes", disse o delegado. 

O suspeito seria encaminhado à Cadeia Pública de Santa Rosa do Viterbo. (Com CBN Ribeirão)
 

Suspeito foi identificado por câmeras de segurança (Imagem: Reprodução / Câmera de segurança) 

Mais notícias


Publicidade