Publicidade

cotidiano

Ex-marido é preso acusado de matar professora a facadas na região

Ester Teixeira, de 42 anos, voltava de festa com um amigo, quando foi golpeada nas costas, em Luis Antônio; ela já havia denunciado o homem por violência doméstica, segundo a polícia

| ACidadeON/Ribeirao -

Ester Alves Teixeira tinha 42 anos de idade (Foto: Redes sociais)
 

Um homem de 41 anos foi preso suspeito de matar a ex-esposa a facadas na madruga deste domingo (21), em Luis Antônio.   

Segundo o boletim de ocorrência (BO), a vítima, a professora de Educação Física Ester Alves Teixeira, 42, foi golpeada nas costas e ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.  

Um amigo dela foi atingido na cabeça ao tentar defender a vítima. Ele recebeu atendimento médico e já foi liberado.   

LEIA MAIS NOTÍCIAS DE RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO

Ainda conforme o BO, Ester voltava de uma festa na companhia do amigo, quando o ex-marido chegou em um bicicleta e os abordou em frente a uma academia de propriedade da mulher, no bairro Cohab 2. O ex também estaria no evento. (assista ao vídeo abaixo)

Durante a abordagem, o amigo contou que o homem disse que "havia chegado a hora dela [Ester]" e partiu para cima da professora.

Após o crime, o homem chegou a deixar o local, mas foi encontrado em seguida pela PM (Polícia Militar), segundo o registro.  

Uma faca de fabricação caseira, que teria sido utilizada contra as vítimas, foi encontrada no local da ocorrência.  

A Polícia Civil informou que já havia boletim de ocorrência de violência doméstica registrado pela vítima contra o ex-marido.  

O homem foi levado para a Cadeia de Santa Rosa de Viterbo e a Polícia Civil já pediu a conversão da prisão em flagrante para preventiva. 

Ainda de acordo com o BO, o homem teria confessado a morte da professora à PM, mas permanecido sem dar qualquer declaração na delegacia. 


Mais notícias


Publicidade