Publicidade

cotidiano

Suspeito de ataque a banco morre em confronto com a PM na região

De acordo com Policia Militar, o homem foi morto durante uma troca de tiros na tarde desta quinta-feira (25), próximo ao Rio Mogi, entre Barrinha e Jaboticabal

| ACidadeON/Ribeirao -

 

Quadrilha ataca banco em Ibitiúva, distrito de Pitangueiras - Foto: Reprodução/EPTV

Um homem morreu após uma troca de tiros com a Polícia Militar (PM), na tarde desta quinta-feira (25) próximo ao Rio Mogi, na divisa entre Barrinha e Jaboticabal. 

Ele é um dos suspeitos de integrar a quadrilha que atacou um banco durante a madrugada em Ibitiúva, no distrito de Pitangueiras.  

Outros dois homens também participaram do confronto, mas conseguiram fugir. Um deles teria sido baleado, informou a PM.  No local foram apreendidas duas pistolas que serão periciadas.  

Perseguição e prisão

Durante buscas na região, um suspeito já havia sido preso pela Polícia Militar. Um fuzil e um carro foram apreendidos na estrada de Lusitânia, distrito de Jaboticabal, onde o homem foi localizado.  

Os outros integrantes do bando - que seriam mais sete pessoas - conseguiram fugir. A Polícia Civil informou que o homem alegou ter ligação com uma facção criminosa.  

O caso 

A agência atacada pertence ao Bradesco e fica na avenida Três, em Ibitiúva. Ao menos dois caixas eletrônico foram danificados em uma explosão.  

Cinco trabalhadores de uma usina que estavam próximos do banco na madrugada chegaram a ser feitos reféns e foram liberados em seguida.

O Bradesco, a Polícia Militar e a Polícia Civil não informaram se a quadrilha conseguiu levar o dinheiro dos caixas eletrônicos.   

Mais notícias


Publicidade