Publicidade

cotidiano

Criança sofreu lesão no pescoço com estouro de bomba em quarto

Menina Aylla, de 4 anos, não resistiu aos ferimentos no dia de Natal e morreu após ser socorrida, em Barretos; adolescente suspeito de lançar artefato foi identificado

| ACidadeON/Ribeirao -

Aylla tinha apenas 4 anos de idade (Foto: Arquivo pessoal)
 

A menina Aylla Manuella Ribeiro da Piedade, de 4 anos, sofreu lesão no pescoço e perdeu sangue após o estouro de uma bomba, no início da noite do último sábado (25), dia de Natal, em Barretos. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu na madrugada deste domingo (26).

As informações constam no boletim de ocorrência (BO) registrado com depoimento da mãe da criança.   

Ainda conforme o documento, o artefato foi lançado no quarto onde a menina dormia. (assista ao vídeo abaixo) 

Um adolescente de 14 anos, suspeito de jogar a bomba que entrou pela janela do imóvel, na Vila Gomes, foi identificado pela Polícia Civil.   

MAIS: 'É uma coisa que jamais vai curar', diz tio de criança morta por bomba

A mãe da menina disse que os jovens estavam soltando bomba o dia todo na rua e que o esposo dela havia pedido, sem sucesso, para que parassem, já que os artefatos teriam provocado  incêndio em um terreno próximo, que homem conseguiu apagar.

A mãe ainda relatou que a filha dormia quando foi atingida em cima da cama ao lado da janela. Como perdia sangue, o pai da criança não esperou o Samu e levou a criança ao hospital no carro de um parente. 

A mãe do adolescente suspeito de lançar a bomba declarou à polícia que o filho comprou o artefato com o dinheiro de seu trabalho.  

O caso está sob investigação da Polícia Civil.  

O corpo da criança foi velado na manhã desta segunda (27), no Centro Comunitário de Barretos, e seguirá, por avião, para sepultamento no estado do Pará.

Aylla dormia quando foi atingida por bomba (Foto: Arquivo pessoal)

Mais notícias


Publicidade