Publicidade

cotidiano

Suspeito de lançar bomba que matou criança deve ser apresentado até sexta

Adolescente de 14 anos foi indiciado por ato infracional equiparado ao crime de homicídio, em Barretos; ele estaria escondido com medo de represálias

| ACidadeON/Ribeirao -

A menina Aylla estavam dormindo quando foi atingida por bomba (Foto: Arquivo pessoal)
 

O adolescente suspeito de arremessar a bomba que matou a menina Aylla Manuella Ribeiro da Piedade, de 4 anos, deverá ser apresentado pela mãe à Polícia Civil de Barretos até a próxima sexta (31).  

Segundo a delegada Juliana da Silva Paiva, do 3º Distrito Policial, o menor, de 14 anos, foi indiciado por ato infracional equiparado ao crime de homicídio. Ele estaria escondido com medo de represálias. 

MAIS: Criança sofreu lesão no pescoço com estouro de bomba em quarto

A delegada também disse que pediu a internação provisória do adolescente no inquérito policial entregue ao Ministério Público (MP). 

 

Ainda conforme a delegada, o menor sabia que na casa havia três pessoas e, mesmo assim, assumiu o risco de continuar arremessando as bombas.  (assista ao vídeo acima)

Após o ocorrido, um grupo com aproximadamente 30 moradores incendiou a residência do suspeito, no Jardim Oriente. (Com EPTV)

Bomba explodiu em cama onde a criança dormia (Foto: Murilo Badessa / EPTV Ribeirão)

Mais notícias


Publicidade