Publicidade

cotidiano

Médico é preso suspeito de vender anabolizantes de forma ilegal

Prisão aconteceu nesta segunda-feira (9) em Franca; Segundo a Polícia, carga não tinha nota fiscal e teria sido furtada do fabricante

| ACidadeON/Ribeirao -

o
Anabolizantes apreendidos em Franca - Foto: Isabela Diógenes/EPTV

 

Um médico suspeito de vender anabolizantes de forma ilegal em Franca, a cerca de 90 quilômetros de Ribeirão Preto foi preso nesta segunda-feira (9). A prisão ocorreu após a denúncia de um paciente. 

De acordo com a Polícia Civil, foram apreendidos no laboratório do médico anabolizantes sem nota fiscal e outros supostamente adulterados. Existe também a suspeita que parte da carga tenha sido furtada de dentro da empresa que fabrica os produtos. 

Questionado, ele disse que comprou parte da carga no Paraguai de um vendedor que afirmou que os anabolizantes poderiam ser comercializados mediante um laudo emitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas o documento não foi apresentado.  

O suspeito foi encaminhado à Cadeia Pública de Franca até a audiência de custódia, marcada para esta terça-feira (10). Ele responderá por crime contra a saúde pública. Caberá a Justiça decidir se ele permanece preso ou não. 

A origem da denúncia

A Polícia informou que o paciente que fez a denúncia não estava notando diferença no corpo e nos exames laboratoriais, por isso decidiu pesquisar sobre o produto, o lote, e descobriu que ele havia sido tirado do comércio por uma falha. 

Além disso, o paciente foi afirmado pela própria empresa fabricante de que parte da carga havia sido furtada de dentro do estabelecimento.

Diante disso, ele decidiu fazer uma denúncia à Anvisa em Brasília, que passou o caso para a Anvisa em São Paulo e acionou a Polícia Civil para dar início às investigações. 

VEJA TAMBÉM - Casal perde R$ 7,5 mil em golpe aplicado em site de compra e venda


Mais notícias


Publicidade