Luiz Mantilla, ex-diretor do Daerp, é solto

Empresário teria colaborado com as investigações e dado início ao procedimento de delação premiada

    • ACidade ON
    • Cristiano Pavini
Reprodução / EPTV
Mantilla havia sido preso no dia 1º de setembro (Foto: Reprodução / EPTV)

 

A Justiça expediu no início da tarde desta segunda-feira (19) o alvará de soltura de Luiz Mantilla, ex-diretor técnico do Daerp.

Segundo o ACidade ON apurou, ele foi solto por colaborar com as investigações da Operação Sevandija e dar início ao procedimento de delação premiada.

LEIA MAIS

'Milhões de reais foram desviados', confirma ex-diretor do Daerp

Empresário é suspeito de operar pagamentos de propina

Mantilla é acusado pelo Ministério Público participar de organização criminosa e praticar os crimes de peculato e corrupção passiva.

Segundo as investigações, ele recebia propina da empresa Aegea Saneamento, que tem contrato de R$ 83,8 milhões com o Daerp, e também de repassar propina para Marco Antonio dos Santos, superintendente da autarquia.

Para o MP, o valor total desviado chega a R$ 1,5 milhão.

Mantilla estava preso desde o dia 1º de setembro, quando a Sevandija foi deflagrada.

Leia a matéria completa na edição desta terça-feira (20) do jornal A Cidade


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.