IML confirma que corpo encontrado é de Itaberlly

Corpo será liberado para a família realizar velório e enterro seis meses depois de ter sido encontrado

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Da reportagem

Reprodução / Facebook

 

O IML (Instituto Médico Legal) de São Paulo confirmou, nesta quinta-feira (13), que o corpo encontrado em Cravinhos é do jovem Itaberlly Lozano, 17 anos.

A suspeita foi confirmada pelo resultado de um exame de DNA. O corpo, que está no IML de Ribeirão Preto, será liberado para a família. Ainda não há informações do velório e enterro da vítima. (Com EPTV)

Entenda o caso

O corpo de Itaberlly Lozano foi encontrado carbonizado em um canavial no dia 7 de janeiro deste ano, em Cravinhos. Dois dias depois, a família registrou um boletim de ocorrência do desaparecimento do jovem. O rapaz foi morto no dia 29 de dezembro com uma facada na garganta.

VEJA TAMBÉM
CONFIRA UMA GALERIA DE FOTOS DA RECONSTITUIÇÃO DO CASO
CONFIRA UMA GALERIA DE FOTOS DO ATO EM HOMENAGEM AO ITABERLLY

A mãe e o padrasto tiveram a prisão temporária decretada no dia 11 de janeiro e confessaram o crime. Segundo a mãe do jovem, Tatiana Lozano Pereira, dois dias antes do crime, Itaberlly teria brigado com ela e saído de casa para ir morar com a avó paterna.

Um dia depois, no dia 29 de dezembro, ele teria voltado para casa e, novamente após uma briga, teria ocorrido o crime. Com ajuda do marido, Alex Pereira, Tatiana queimou o corpo do menino no canavial.

Em um outro depoimento, Tatiana desmentiu a confissão e relatou que três jovens teriam matado o filho. Victor Roberto da Silva, 19 anos, e Miller da Silva Barissa, 18, e a namorada de um dos rapazes, uma jovem de 16 anos, foram presos. Em depoimento, eles confessaram que foram contratados para dar um "corretivo" em Itaberlly. Ele foi agredido pelos rapazes e, em seguida a mãe o matou com uma facada na garganta.


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.