Aguarde...

Vacinas

Trabalhadores da limpeza urbana em Ribeirão cobram vacinação

Sindicato da categoria afirma que coletores de lixo têm contato direto com resíduos e correm risco de infecção pelo coronavírus

| ACidadeON/Ribeirao

Trabalhadores da limpeza urbana realizaram manifestação em Ribeirão Preto (Foto: divulgação)
 
Um grupo de trabalhadores que atuam na limpeza urbana de Ribeirão Preto realizou uma manifestação na última quarta-feira (7) cobrando a vacinação dos profissionais da área contra o novo coronavírus (covid-19). A categoria não foi incluída no grupo prioritário de vacinação. 

LEIA MAIS -  SP define início da vacinação para pessoas com 65, 66 e 67 anos
 
De acordo com o presidente do sindicato da categoria, João Capana, a entidade tem recebido relatos de trabalhadores que adoeceram após contraírem o novo coronavírus (covid-19).  

"Fizemos uma mobilização com eles, porque tem adoecido muitos trabalhadores e eles têm contato com resíduos e mesmo durante a pandemia não pararam de trabalhar", disse.  

Segundo Capana, foi enviado um ofício para prefeitura pedindo que os coletores de lixo sejam incluídos na campanha de vacinação. Contudo, a administração informou que está seguindo restritamente o PEI (Plano Estadual de Imunização).  

Outro lado
 
Por meio de nota, a prefeitura afirmou que segue o cronograma de vacinação determinado pelo Governo do Estado de São Paulo.  

O plano prevê para a próxima semana a vacinação de profissionais da Educação com mais de 47 anos, a partir do dia 12 de abril. Já no dia 14 começam ser vacinados idosos com 67 anos e no dia 21 abril serão vacinados idosos com 65 e 66 anos.  

Os profissionais de segurança pública começaram a ser vacinados no último dia 6 de abril.



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON