cotidiano

Estudo mostra eficácia da CoronaVac contra variante Delta

Pesquisa realizada na China aponta que não houve mortes ocasionadas pela variante Delta em pessoas que tomaram duas doses da vacina

| ACidadeON/Ribeirao -

Vacina Coronavac (Foto: Roberto Costa/Código19)
 
Um estudo preliminar publicado pela revista científica The Lancet, aponta que a vacina CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan e pelo laboratório Sinovac, é eficaz contra a variante Delta do novo coronavírus (covid-19). 

LEIA MAIS - Região de Ribeirão confirma primeiro caso da variante delta
 
De acordo com o diretor-presidente do Butantan, Dimas Covas, a pesquisa não registrou óbitos entre 10,8 mil pessoas vacinadas com duas doses da CoronaVac que foram acompanhadas.  

"Nesse estudo demonstrou, muito claramente, que a vacina dada em duas doses tem uma efetividade que varia entre 69% e 77% em relação a proteção de pneumonia, que é um dos quadros mais graves da covid-19. Não houve nenhum óbito no grupo que recebeu as vacinas", disse.  

O estudo foi realizado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China e ainda não foi avaliada por outros cientistas. Os dados foram coletados entre maio e junho de 2021 na região de Guangdong, na China.  

"É um dos primeiros estudos de mundo real que mostra a efetividade da Coronavac contra variante Delta, que preocupa o mundo inteiro neste momento", completou o diretor do Butantan.  

Na região
 
A variante Delta do coronavírus já foi identificada na região de Ribeirão Preto. Na última segunda-feira (16), a secretaria estadual da Saúde confirmou um caso de infecção da doença e uma enfermeira que vive em Serrana. A mulher trabalha em Ribeirão Preto e não apresentou sintomas graves da doença.


Mais notícias


Publicidade