cotidiano

Doria anuncia nova antecipação no intervalo entre doses da Pfizer

Nesta segunda-feira (18), o governador de São Paulo informou que o prazo para aplicação da segunda dose cai para 21 dias

| ACidadeON/Ribeirao -

Vacina da Pfizer (Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde)
 
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou na tarde desta segunda-feira (18) que vai diminuir o intervalo entre doses da vacina contra covid-19 da Pfizer de 8 semanas para 21 dias.  

Segundo publicação do governador no Twitter, a medida pode beneficiar até 2 milhões de pessoas, que poderão antecipar o complemento do esquema vacina no estado. O novo prazo será aplicado apenas em adultos.

Por meio de nota, a secretaria estadual da Saúde informou que foram distribuídas vacinas para todos os municípios para que a imunização seja concluída no prazo de 21 dias. 

Contudo, a vacinação para adolescentes - a vacina da Pfizer é a única liberada para este público no Brasil - segue com o intervalo de 8 semanas.   

A secretaria estadual da Saúde informou que a antecipação para esta faixa será adotada a partir do momento que o ministério da Saúde enviar novas doses para o estado. 
 
É válido lembrar que a vacinação contra covid-19 em Ribeirão Preto ocorre mediante agendamento pela internet ou telefone.

Nova antecipação
 
Essa é a segunda vez que o intervalo entre as doses da vacina da Pfizer é antecipado. No começo da utilização desta vacina na campanha de vacinação, o prazo entre as doses era de 12 semanas.  

Já em setembro, o prazo caiu para 8 semanas. Mesmo assim, o prazo recomendado pela própria Pfizer, é que a segunda dose seja aplicada 21 dias após a primeira.  

O período mais longo entre as vacinas foi adotado pelo ministério da Saúde, que afirma ter seguido medida parecida adotada no Reino Unido.  


 
Fonte: Twitter


Mais notícias


Publicidade