cotidiano

Covid: SP usará vacina da Pfizer como segunda dose da Janssen

Medida respeita documento técnico do Governo de São Paulo, que permite a utilização do imunizante da Pfizer em caso de indisponibilidade de doses da Janssen

| ACidadeON/Ribeirao -

Vacina da Pfizer (Foto: Geovana Albuquerque / Agência Saúde DF)
 
A prefeitura de São Paulo informou que vai usar a vacina da Pfizer para a segunda dose naqueles que foram vacinadas com o imunizante da Janssen - cerca de 300 mil pessoas na capital paulista. A medida passa a valer nesta terça-feira (30).

Segundo a prefeitura, a intercambialidade respeita documento técnico do Governo de São Paulo, que permite a utilização do imunizante da Pfizer em caso de indisponibilidade de doses da Janssen.

Ficou dispensada também a obrigatoriedade da apresentação de comprovante de endereço para receber a vacina. "Com o alto índice de imunização para primeira e segunda doses na capital e para fortalecer a vacinação nacional, qualquer pessoa pode se apresentar para receber o imunizante, independentemente do local de residência", informa a nota.

Ribeirão Preto 
 
Em Ribeirão Preto, a Secretaria Municipal da Saúde ainda aguarda orientações de como proceder a imunização de reforço dos vacinados com a Janssen. 
 
Em todos os agendamentos de terceira dose, a Saúde de Ribeirão informa que vai divulgar orientações para a segunda dose das pessoas que tomaram a vacina da Janssen.  

Segundo o Vacinômetro do Governo de São Paulo, 20.387 pessoas foram imunizadas com a vacina da Janssen em Ribeirão Preto. 
 
 
MAIS: Butantan vai mapear variantes presentes em Ribeirão Preto

Mais notícias


Publicidade