cotidiano

Covid: 48 mil pessoas estão sem a 2ª dose em Ribeirão, diz Saúde

Número equivale à quantidade de habitantes de Pontal, a 38 km de Ribeirão Preto; Veja como receber vacina

| ACidadeON/Ribeirao -

A vacina CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan (Foto: Denny Cesare / Código19)
A coordenadora do PMI (Programa Municipal de Imunização) de Ribeirão Preto, Mayra Fernanda de Oliveira, disse que aproximadamente 48 mil pessoas ainda não retornaram para tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19. 
 
VEJA TAMBÉM: HC de Ribeirão libera visitas a pacientes e anuncia protocolo

O número equivale à quantidade de habitantes de Pontal, a 38 quilômetros de Ribeirão. A cidade possuía 51 mil habitantes até 2021, conforme última estimativa divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

"Hoje nós temos cerca de 48 mil pessoas que não receberam a segunda dose da vacina contra a Covid, o que é um número muito elevado. Apesar de ser um percentual pequeno em relação ao tamanho da nossa população [720.116, conforme IBGE], essa pessoa pode transmitir a doença e desenvolver um quadro grave", explicou a coordenadora em entrevista à rádio CBN Ribeirão, nesta segunda-feira (4).

Quem estiver com a dose em atraso não precisa agendar a vacinação. Basta ver lista de unidades de saúde e comparecer para tomar o imunizante.

Influenza

Nesta segunda, a Secretaria da Saúde de Ribeirão Preto iniciou vacinação contra gripe em pessoas com 60 anos ou mais. O agendamento está disponível no site da prefeitura. Mayra reforçou que a vacina pode ser aplicada simultaneamente com o imunizante do novo coronavírus.

"No começo da pandemia, a gente tinha a questão de não fazer a vacina da gripe com outras. Agora, como já temos conhecimento dessa vacina, sabemos que ela pode ser aplicada com outras vacinas do calendário. A pessoa pode ficar tranquila, porque uma vacina não vai atrapalhar a outra", contou.

A orientação é que, em caso de teste positivo para a covid, a pessoa aguarde um mês após o início dos sintomas para tomar a vacina da gripe ou do coronavírus. 

Vacinação contra a gripe deve ser agendada pelos canais da prefeitura (Foto: Divulgação / PMSC)

Publicidade