ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

divirtase

Faltam dois dias para a exposição do Castelo Rá-Tim-Bum

Ribeirão-pretanos e os fãs do programa, que marcou gerações, já se preparam para conhecer o cenário encantado no Shopping Iguatemi, em Ribeirão Preto

| ACidadeON/Ribeirao

Exposição "Castelo Rá-Tim-Bum" chega a Ribeirão Preto em junho (Foto: Flávia Gatti / Acervo 21)


Atenção, atenção! Faltam dois dias para a exposição do Castelo Rá-Tim-Bum chegar. Dentro de dois dias!  

Era desta forma que o relógio anunciava a chegada do Doutor Victor ao Castelo, tio de Nino e marido de Morgana, a feiticeira.  

Em Ribeirão Preto, o relógio começou a contar as horas finais para a chegada da exposição do Castelo, que abre as portas nesta quinta (28), no piso superior do Iguatemi Shopping, localizado no Vila do Golf.  

Os fãs poderão conferir a exposição temática, que recria o cenário de uma das séries que marcou a infância dos brasileiros, de terça a sexta, das 14h às 20h30 e aos sábados, das 10h às 21h30.  

O valor do ingresso será de R$ 20 - inteira - e R$ 10, a meia-entrada. Os interessados poderão escolher a data e o horário da sessão para fazer o passeio. As vendas estarão disponíveis no site da exposição e na bilheteria física do Shopping Iguatemi Ribeirão.    

Boom, boom, boom, Castelo Rá-Tim-Bum  

A estudante de publicidade Thauany Barcelos da Silva, de 20 anos, não vê a hora de visitar a exposição. Fã desde criança, Thauany acompanhava as aventuras de Nino, Biba, Zequinha e Pedro e sonhava em estar no Castelo. Agora, o sonho está prestes a se tornar realidade. Ela poderá ver onde Nino e o Etevaldo, dois dos seus personagens favoritos moravam. "Assistia ao Castelo quando era criança e a expectativa é muito grande", disse. "Sempre foi um sonho", afirmou.  

Em agosto de 2017, Ana Paula Gonçalves, representante de atendimento especializado, de 32 anos, visitou a exposição do Castelo em São Paulo, no Memorial da América Latina. Esse mês ela se prepara para reviver novamente a emoção em entrar no Castelo. "Acho que vai ser boa", disse. 

Porém, as expectativas de Ana não são altas. "Na verdade, não espero muita coisa, porque o espaço será menor do que a de São Paulo", disse. "Mas para quem não teve a oportunidade de ir a São Paulo, em Ribeirão vai dar pra matar a curiosidade", comentou.  

Já para Kaique Luiz de Figueiredo, técnico de informática de 24 anos, e que também conferiu a exposição em São Paulo, à expectativa é a mesma de quando ele foi para a cidade grande. "Espero que seja muito boa, assim como foi em São Paulo", disse. "E espero também, que consiga passar o que o Castelo significa para todo mundo, porque faz parte das nossas infâncias", afirmou.  

Exposição  

A exposição é realizada pelo Shopping Iguatemi com a produção feita pelo Acervo 21, em parceria com a TV Cultura. Segundo Júlio Cardoso, sócio da Acervo 21, a exposição foi adaptada para viajar pelas cidades.  

Quando o Castelo estava no Memorial, tinha aproximadamente cerca de 790 metros. Agora, terá 500 metros, em 24 ambientes. "Adaptamos o projeto para os espaços nos shoppings", disse Júlio. "Temos que fazer uma adaptação em cada shopping, porque nem todos tem o mesmo espaço", afirmou.   

Júlio garante que 95% do acervo que tinha em São Paulo, estará na exposição do interior. "É praticamente o mesmo acervo", disse.  

Um dos itens que não viajará, da exposição, é a maquete do Castelo. "Foi uma decisão, por causa de uma logística. Nós preferimos não itinerar com a maquete porque é delicada e frágil". 

Expectativa 
 
Segundo a gerente de marketing do Shopping Iguatemi, Manoela Whitaker, trazer a exposição do Castelo é mais uma forma de proporcionar aos clientes, experiências únicas. "A expectativa é muito positiva", disse. "A mostra marca também as celebrações dos cinco anos do empreendimento na cidade, comemorado em setembro", afirmou Manoela. 
  

 

Montagem  

Foram 50 profissionais e mais de 30 toneladas de material para montar a exposição. A primeira exibição no interior de São Paulo foi na cidade de Campinas, onde atraiu 100 mil fãs.  Após o dia 10 de junho, a estrutura foi desmontada e transportada para Ribeirão em cinco caminhões.  

Durante dez dias, no local onde a exposição vai acontecer no Iguatemi, às equipes se dividiram em uma jornada entre 22h e 7h. As 30 toneladas de material, 40 metros quadrados de tecidos e 10 bonecos entre mecânicos e estáticos, além de 18 figurinos, foram preparados para receber os fãs da região.  

Experiência 

Os visitantes serão recebidos pelo Porteiro, assim como Biba, Pedro e Zequinha foram recebidos no primeiro episódio do Castelo Rá-Tim-Bum.  Para quem não tem medo de cobra, Celeste em sua árvore estará à espera dos fãs, assim como o Gato Pintado na biblioteca.  

A curiosidade em conhecer outros ambientes do Castelo, como o quarto mágico do Nino e da feiticeira Morgana, poderá ser resolvido em um passe de mágica.  

A sala de música, o esgoto, onde os personagens, Mau e Godofredo vivem, também estarão disponíveis para os fãs, que além dos ambientes, poderão ver quadros do programa e os figurinos originais, utilizados nas gravações.   

Castelo Rá-Tim-Bum 

Nino, Pedro, Zequinha, Biba, tia Morgana, Victor e todos os moradores do Castelo, além do temido Doutor Abobrinha e da Caipora, visitaram as casas brasileiras durante três anos entre 1994 e 1997, na TV Cultura. (Germano Neto com supervisão de Rita Magalhães) 
 

(Fotos: Divulgação)
Confira sete curiosidades sobre o programa:

1 -  Durante a série, 800 figurinos diferentes foram usados  

2  - Na ideia inicial dos criadores Cao Hamburger e Flávio de Souza, o castelo seria apenas um dos cenários. Haveria uma vila e uma escola, mas o plano foi descartado pelo orçamento.  

3 - O orçamento do Castelo foi de US$ 2,5 milhões, divididos meio a meio pela Fiesp Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e a TV Cultura.  

4 - Em um dos episódios, uma guerra de travesseiros mandou Álvaro Petersen Jr, manipulador do fantoche da cobra Celeste, para o hospital. Isso porque, as plumas foram para dentro da árvore e causou uma alergia, que deixou Álvaro internado durante três dias.  

5 - Mais de 1200 produtos foram licenciados com a marca.  

6 - Os 90 episódios exigiram o trabalho de 250 pessoas e cerca de 5 mil horas de gravação.  

7 - Atenção, atenção. Faltam oito segundos para o Doutor Victor chegar!  Os traços do relógio foram inspirados em um dos ícones da TV brasileira o Chacrinha.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também