Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Economia

Eventos colocam empreendedores e investidores frente a frente

Angel Day é exemplo de evento que pode resultar em parcerias sólidas para os novos empreendimentos

| ACidadeON/Ribeirao

Supera Parque é um dos responsáveis pela construção de um ecossistema empreendedor (Foto: Weber Sian / A CIDADE - 29.jun.2017)

 

Ribeirão Preto respira pesquisa, tecnologia e inovação, por essa razão tem se destacado como polo tecnológico e chamado a atenção de investidores.  

"O município está construindo um ecossistema de empreendedorismo de inovação muito forte, através de iniciativas como o Mover (Movimento Empreende Ribeirão) e o próprio Supera Parque Tecnológico", afirma João Paulo Geroldo, CEO da Sevna Startups. "Da mesma forma que temos boas ideias, projetos maduros e empreendedores bem preparados, trazemos também investidores de fora em busca dessas oportunidades", reforça.  

Segundo ele, são muitos os fatores que contribuem com este avanço. "Como a presença das universidades, da incubadora, dos investidores locais, dos empreendedores, dos espaços de coworking e da própria aceleradora de startups", diz.   

Para o investidor Dario de Sena Gouvea, o interior paulista é a região de maior produtividade do País. "Consegue aliar elevada capacitação, com custos extremamente competitivos. Assim, o grau de otimismo também é elevado e a expectativa de sucesso na busca é alta", frisa.

Fomento  

Neste contexto, a Sevna Startups é mais um agente do ecossistema, pois fomenta a atividade de empreendedorismo e inovação. Prova disso, são os eventos que a aceleradora realiza para as aceleradas receberem investimentos com o objetivo de promover o crescimento de seus projetos, como é o caso do Angel Day.  

"O Angel Day é um teste importante para as startups e pode resultar não apenas em investimentos financeiros, mas também em parcerias sólidas dos empreendedores com estes investidores, sejam eles pessoas físicas, fundos de investimentos ou outras empresas", explica Geroldo. "Algumas startups que concluíram o programa de aceleração já captaram cerca de R$ 300 mil neste evento, e isso é absolutamente positivo", completa.  

De acordo com ele, estes eventos fortalecem o ecossistema empreendedor. "Dão mais visibilidade para as startups aceleradas e mais opções para quem quer investir nessas novas empresas", conclui. 

Aportes financeiros  

De acordo com João Paulo Geroldo, CEO da Sevna Startups, o valuation - termo em inglês para avaliação de empresas - médio das startups que já receberam investimentos após o programa de aceleração tem variado entre R$ 2 e R$ 3 milhões. "Podemos dizer que esse é o valor real da empresa, pois o mercado já pagou por isso", explica. "Somando valuation reconhecido pelo mercado com os valuations estimados das empresas que ainda não receberam aportes, o portfolio Sevna é estimado em R$ 30 milhões", completa. Para ele, este número é absolutamente positivo. "E estamos trabalhando para tornar este valor realidade e fazê-lo crescer ainda mais", conclui. 

Projetos na mira de investidores 

Os investidores estão de olho nos projetos de alto potencial de crescimento, com ganhos de escala e uso intensivo de tecnologia. Para o empresário José Carlos Porto, Ribeirão tem se destacado como polo de empresas inovadoras. Por isso, decidiu participar do Angel Day e, assim, tentar se encantar por alguma startup.  

"Fui conhecer as startups, seus empreendedores, projetos, o estágio da empresa e investir", afirma. "A ideia é ter uma visão panorâmica do estágio de maturidade das ideias/produtos e, principalmente, a qualidade e a paixão dos empreendedores", reforça.  

O empresário Dario de Sena Gouvea também participou do Angel Day. "O objetivo é selecionar projetos que tenham chance de ser o próximo best seller, com alta rentabilidade", diz.  

Segundo ele, equilibrar o grau de risco com a rentabilidade possível é o que importa. "Por isso, busco projetos desenvolvidos por equipes inspiradas e com alto comprometimento. O nível de maturidade não é tão relevante, mas também pesa", frisa.  

Para Gouvea, investir R$ 10 mil ou R$ 10 milhões é irrelevante. "O que importa é a dose certa no projeto certo. Vira e mexe encontramos projetos sepultados por excesso de investimento", finaliza.  

Eduardo Cicconi, do Supera Parque, aponta crescimento do setor (Foto: Weber Sian / A CIDADE - 28.nov.2016)

Portfólio da Sevna tem 18 startups  

A Sevna Startups já soma 18 startups em seu portfólio, estimado em R$ 30 milhões. Segundo a aceleradora, os benefícios para quem ingressa no ambiente podem somar até R$ 400 mil, entre o investimento direto, que chega a até R$ 180 mil, e vantagens como infraestrutura, softwares, mentorias, capacitações e workshops. Com o networking de mentores e fundadores da Sevna e o ecossistema de startups do município, a aceleradora tem atraído projetos do interior paulista, Rio de Janeiro e Minas Gerais em áreas como educação, esportes, construção civil, agronegócios, software música, saúde, etc.  

Conheça algumas startups que já foram aceleradas pela Sevna: 

Voice Commerce - Plataforma de comércio eletrônico por voz, que utiliza inteligência artificial e proporciona uma experiência simples, inteligente e segura na compra de produtos online, especialmente aos deficientes visuais.  

Terravi Marketplace - que conecta o produtor rural ao varejo. Atende tanto varejistas que buscam bons fornecedores de hortifruti quanto pequenos produtores rurais que querem mais rentabilidade, eliminando elos da cadeia logística.  

E-Sweep - Ferramenta online que utiliza conceitos avançados de Inteligência Artificial e comparação de imagens para detecção automática de problemas de layout que lojas virtuais podem apresentar quando carregadas em diferentes navegadores ou dispositivos móveis.  

Field Control - Plataforma para empresas com equipes de campo, que permite o planejamento e acompanhamento dos serviços e melhora o relacionamento com clientes.  

2morrow Sports - Oferece uma solução completa para gestão de programas de sócio-torcedor em clubes de futebol, reunindo especialistas em marketing esportivo com a tecnologia de um software de gestão específico.  

Labmet - Fornece ao produtor rural uma rede de estações meteorológicas de tecnologia própria que aplicam o conceito de Internet das Coisas para coleta e transmissão de dados da propriedade.  

Simplifica CI - Plataforma de gestão integrada da comunicação interna para médias e grandes empresas, que permite a gestão de múltiplos canais (e-mail, TV, mobile, desktop e mural impresso).  

Sellead - Oferece uma plataforma que conecta agências de intercâmbio, escolas internacionais e provedores de serviços, como os de hospedagem e imigração, simplificando o processo de seleção e contratação de cursos no exterior.  

Contrumaxi - Plataforma que oferece gratuitamente ao consumidor final um serviço de comparação de preços em varejistas do setor da construção civil.  

Meu Jardim - Aplicativo mobile que auxilia no planejamento e manutenção de jardins de diversos portes, auxiliando na escolha das espécies, de acordo com as características do ambiente, bem como alertando sobre necessidades de irrigação, adubação, poda etc.  

FishTank - Sistema composto por hardware e software de contagem de pessoas para ambientes internos e externos que capta sinais de wi-fi emitidos por celular de forma passiva (sem necessitar a conexão com a rede), oferecendo contagem unitária de pessoas, taxa de permanência, taxa de retorno ao local, horários de pico etc. 

Mais do ACidade ON