Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Economia

Safra da cana-de-açúcar atinge 596,31 milhões de toneladas na região Centro-Sul

Dados finais de 2017/2018 apontam para ligeira retração em relação à safra de 2016/2017

| ACidadeON/Ribeirao

Produção final de etanol totalizou 26,09 bilhões de litros na safra 2017/2018. Já o açúcar teve 36,05 milhões de toneladas processadas (foto: Mastrangelo Reino / A Cidade - 03.dez.2015)
 

Dados finais da safra 2017/2018 da região Centro-Sul do Brasil indicam moagem de 596,31 milhões de toneladas de cana-de-açúcar entre 1º de abril de 2017 e 31 de março de 2018. Este resultado representa uma ligeira retração de 1,78% sobre as 607,14 milhões de toneladas processadas no ciclo 2016/2017.  

A produção final de etanol totalizou 26,09 bilhões de litros do renovável, cerca de 1,72% superior ao volume registrado na safra anterior (25,65 bilhões de litros). Deste volume total de etanol produzido, 10,42 bilhões de litros foram de etanol anidro e 15,67 bilhões de litros de etanol hidratado este último, com aumento de 4,49% em relação aos 14,99 bilhões de litros registrados na safra anterior.  

Do volume total de etanol produzido na safra, 521,58 milhões de litros foram fabricados a partir do milho, registrando crescimento de 123% em relação ao volume produzido em 2016/2017.

Açúcar  

A produção de açúcar, por sua vez, somou 36,05 milhões de toneladas na safra 2017/2018, contabilizando crescimento de 1,21% sobre as 35,62 milhões de toneladas observadas na safra anterior.  

Para o diretor técnico da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica), Antonio de Pádua Rodrigues, "o maior destaque nessa safra foi o crescimento na produção de etanol hidratado. Mesmo com retração no volume de cana-de-açúcar, o setor ampliou a oferta do renovável em mais de 650 milhões de litros". 

Produção e moagem na 2ª quinzena de março de 2018  

Na segunda metade de março de 2018, a moagem de cana-de-açúcar na região Centro-Sul atingiu 7,76 milhões de toneladas. A produção de açúcar somou 173,12 mil toneladas na última metade do mês. Neste mesmo período, o volume produzido de etanol totalizou 428,70 milhões de litros, com a hidratação (volume de etanol anidro reprocessado e convertido em etanol hidratado) atingindo expressivos 72 milhões de litros. A produção de etanol de milho somou 31,35 milhões de litros na quinzena, sendo 23,42 milhões de litros de etanol hidratado e 7,92 milhões de litros de anidro. Em relação ao número de unidades em safra, 78 registraram moagem na região Centro-Sul até 31 de março de 2018, contra 84 computadas na mesma data de 2017. Até o final da primeira quinzena de abril, este valor deve alcançar 200 empresas em operação. 

Desempenho do etanol no mercado 

Do total de etanol produzido, 1,51 bilhão de litros foi direcionado para exportação e 24,90 bilhões de litros ao mercado interno.  

Nesse mercado, o destaque cabe ao etanol hidratado. O volume vendido do biocombustível, 15,46 bilhões de litros, supera em 7,88% àquele apurado no ciclo 2016/2017 (14,33 bilhões de litros).  

No mercado doméstico, as vendas de março alcançaram 773,41 milhões de litros de etanol anidro produzido no Centro-Sul do País. As vendas internas de hidratado, por sua vez, totalizaram 1,38 bilhão de litros de etanol hidratado, registrando impressionante crescimento de 29,69% em relação aos 1,06 bilhão de litros vendidos no mesmo mês de 2017.  

A última ocasião em que o volume de etanol hidratado comercializado no mês de março superou 1,38 bilhão de litros foi na safra 2014/2015.

QUER CONTINUAR LENDO ESTE CONTEÚDO E MUITOS OUTROS? FAÇA SEU LOGIN OU CADASTRE-SE

Informe seu e-mail e senha cadastrados para ter acesso a todo conteúdo do site:

ainda não tem cadastro?
QUER LER ESSE CONTEÚDO? CADASTRE-SE

Informe seu Nome, E-mail e senha para se cadastrar no Acidade ON

Quero ser informado sobre promoções e ofertas do Acidade ON e seus parceiros
Aceito os Termos de Uso do Acidade ON

Veja também