Publicidade

economia

Especialistas destacam importância do debate para a recuperação econômica

Após participação do governador de São Paulo, Márcio França, e do prefeito de Franca, Gilson Souza, palestrantes iniciaram o debate econômico

| ACidadeON/Ribeirao -

Bom momento para um evento como este. Foi assim que o professor e vice-presidente da ACIF (Associação Comercial de Franca), Alfredo José Machado Neto, iniciou sua participação no Agenda Franca, realizado nesta sexta-feira (8), no auditório da Secretaria Municipal da Educação.  

Destacou, também, que 6 mil novos postos de trabalho foram criados neste primeiro quadrimestre de janeiro a abril de 2018 na cidade, além de 1.600 aberturas de empresas.  

Os números representam a retomada da empregabilidade na região após três anos de queda. O foco do evento, assim como a boa notícia, é discutir os avanços econômicos e suas possibilidades nos cenários regional e nacional.  

"Esses dados mostram uma fase de recuperação. Por isso, temos que discutir alternativas e verificar como podemos deslanchar no investimento, criação de emprego e novas oportunidades de negócios".  

Para Ana Beatriz Fernandes, gerente de projetos da Investe São Paulo, que dividiu a palavra com o professor, o momento é de esperança. Ela destaca que, apesar das turbulências recentes enfrentadas pelo País, em menção a Greve dos Caminhoneiros, o debate também pode acentuar parcerias entre o Estado, prefeitura de Franca e setor privado.  

"Aqui, temos um polo calçadista e agropecuário muito grande, e sabemos da necessidade de apoio dos setores para com o Estado. Então, estamos aqui justamente para entender como garantir que as empresas continuem crescendo, gerando empregos, ganhando competitividade e, quem sabe, receber novos setores", destaca.  

Riscos e oportunidades  

Mara Luquet chamou atenção para os riscos e oportunidades no setor econômico atual. A colunista de finanças pessoais da rádio CBN e da TV Globo diz que o período de campanha eleitoral é ideal para a movimentação de mercado.  

"Esses encontros são incríveis, porque são debates genuínos, que tocam em pontos sobre os rumos do País e que colocam os desafios da economia brasileira em pauta. A região de São Paulo tem um potencial de mercado interno e externo", afirma.  

"Logo, vamos eleger um novo presidente e, principalmente um congresso. É muito importante que a gente escute as propostas e comece a avaliar se faz sentido, de onde vêm e se não são apenas discursos vazios", completa a jornalista.  

Participação do governador  

Além de destacar os bons índices de Franca e a importância da 1ª edição do Agenda Franca, o governador Márcio França também comentou os reflexos da crise temporária nacional, causada pela paralisação dos caminhoneiros.  

Para ele, o papel de São Paulo, não apenas nesta questão, é de conduzir o País, e não ser conduzido.  "Eu disse ao Presidente da República [Michel Temer] que se ele não solucionasse a questão no nosso Estado, não resolveria no geral. E, com a suspensão da cobrança para eixos suspensos, a gente destravou o Brasil", conclui. 

O evento gratuito, promovido pela OA Eventos, com apoio institucional da EPTV, jornal A Cidade e da agência Investe São Paulo, encerra sua primeira montagem em Franca com cerca de 100 participantes na plateia. Outras edições foram realizadas em Araraquara, São Carlos, Piracicaba e Campinas. Ribeirão Preto é o próximo município a sediar o Agenda, ainda debatendo possibilidades de mercado e retomada da economia.



Mais notícias


Publicidade