Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Economia

Após uma semana, Petrobras volta a subir gasolina nas refinarias

Desde a última quarta (5), a Petrobras manteve o preço da gasolina em R$ 2,2069 por litro

| FOLHAPRESS

Gasolina vai subir de preço nesta quinta-feira (foto: Matheus Urenha / A Cidade)
 

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Após uma semana de represamento, a Petrobras subirá o preço da gasolina em suas refinarias nesta quinta (13). O reajuste será de 1%, ou R$ 0,02, para R$ 2,294 por litro.  Desde o dia 18 de julho, quando se iniciou o ciclo de alta atual, o preço da gasolina vendida pela estatal acumula aumento de 13,8%.  

A alta nas refinarias vem pressionando os preços nas bombas, que subiram em média 1,77% na semana passada, segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), para R$ 4,525 por litro. Em São Paulo e em pelo menos outros 12 estados já é possível encontrar gasolina acima de R$ 5 por litro.  Os aumentos são pressionados pela elevação das cotações internacionais e pela desvalorização cambial no Brasil. Nesta terça (11), o petróleo negociado em Londres subiu 2,18% com preocupação de investidores sobre a chegada do furacão Florence aos Estados Unidos. 

Por uma semana, desde a última quarta (5), a Petrobras manteve o preço da gasolina em R$ 2,2069 por litro. Na quinta (6), a empresa anunciou uma mudança em sua política de preços, incluindo a permissão para segurar reajustes por até 15 dias em caso de pressão altista provocada por fatores externos, como desastres naturais ou desvalorização cambial acentuada. Nos períodos de represamento, a estatal diz que evitará prejuízos por meio de um mecanismo de proteção financeira, conhecido como hedge, que prevê a negociação de contratos futuros de gasolina e dólar. 

LEIA TAMBÉM: Gasolina passa de R$ 5 em SP e Petrobras segura reajustes

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também