Aguarde...

Economia

Comerciante é acusada de agredir fiscal da prefeitura em blitz

Vítima disse que ficou ferida durante autuação na região central de Ribeirão Preto, em cumprimento ao decreto da quarentena, e que equipe foi xingada de "lixos e vagabundos"

| ACidadeON/Ribeirao

(Foto: Alexandre de Azevedo / Prefeitura de Ribeirão Preto / Arquivo)
 
Uma comerciante é suspeita de agredir um fiscal da Prefeitura de Ribeirão Preto, na tarde desta segunda-feira (6), durante uma fiscalização no estabelecimento, no Centro da cidade.  

O comércio - uma loja de roupas localizada na rua Florêncio de Abreu - deveria estar fechado por determinação do decreto da nova quarentena contra ao avanço da covid-19, mas, de acordo com a fiscalização, estava em pleno funcionamento e acabou lacrado.

Segundo o boletim de ocorrência (BO) registrado pela vítima, a comerciante teria desferido um soco no rosto de um dos fiscais durante a autuação, que teria quebrado os óculos da vítima e lesionando os seus lábios. 

LEIA MAIS NOTÍCIAS DE RIBEIRÃO PRETO E REGIÃO

 
A equipe relatou à polícia que a comerciante e seu marido, que havia chegado em seguida, ainda teriam xingado os profissionais de "lixos e vagabundos".  

O caso foi registrado na CPJ (Central de Polícia Judiciária), no Centro da cidade, como lesão corporal, infração de medida sanitária preventiva e desacato.   

O ACidade ON ainda não conseguiu contato com a comerciante. 

Mais do ACidade ON