Aguarde...

Economia

Com a carne em alta, consumidores investem em proteínas variadas

Preço do arroba do boi bateu recordes históricos neste mês e fez com que os valores da carne vermelha disparassem nos açougues

| ACidadeON/Ribeirao

Entenda os motivos (Foto: Pixabay)
 

Com a fila do açougue cada vez mais curta e os preços da carne vermelha ainda mais altos, os moradores de Ribeirão Preto têm usado a criatividade nas últimas semanas e optado por outros tipos de proteína, como os derivados de porco, peixe e ovos.  

Lúcia Camargo, por exemplo, aproveitou a ida ao supermercado nesta sexta-feira (25) para deixar o carrinho mais colorido e diversificado. "É complicado, porque o salário não aumentou e o corte dobrou de preço. Vamos fazendo como dá", explica.  

De acordo com as instituições reguladoras do campo, o preço do arroba do boi bateu recordes históricos neste mês e chegou a R$ 251,30. Já o frango aumentou para R$ 5,93 o quilo.  

Carnes suínas e peixes estão com o valor mantido, assim como os produtos da granja. E a explicação para esse "problema" é o tempo extremamente seco na maior parte do País principalmente na região de Ribeirão Preto.  

José Carlos de Lima Junior, consultor de agronegócio, diz que o gasto dos produtores para manter os animais saudáveis é maior neste período.  

"O fato de nós termos uma baixa oferta de pastagem natural faz com que os produtores precisem comprar nutrição que tenha na base a soja e o milho, dois produtos que tiveram grande incremento de preços nos últimos tempos", completa.  

A expectativa, ainda de acordo com o especialista, é que as altas continuem pesando no bolso dos consumidores até o final do ano e, principalmente, nas vésperas das festividades. No natal e no ano novo principalmente. Com EPTV.

Mais do ACidade ON