Publicidade

economia

Procon-SP investiga aumentos abusivos no valor de testes da covid

Fiscalização do Procon-SP encontrou variação de preços dos testes da covid-19 entre R$ 178 e R$ 385

| ACidadeON/Ribeirao -

Foto: Divulgação
 
O Procon-SP já fiscalizou 88 farmácias e laboratórios durante a "Operação Teste COVID-19 Sem Abusos" que acontece na capital e em cidades do interior do estado. De acordo com o órgão, foram constatados os preços mínimos de R$ 178,00 e máximos de R$ 385,00 para o exame PCR.   
 
LEIA MAIS - Teste de covid começa a faltar em farmácias de Ribeirão Preto

A ação começou na última sexta-feira (14) após denúncias de preços abusivos para realização dos testes, que estão em falta em alguns locais. O Procon-SP informou que foram visitados 48 locais no interior e 40 na capital.  

Apenas na cidade de São Paulo, 32 estabelecimentos foram autuados por deixar de informar os preços dos testes ao consumidor - os locais não foram divulgados. O órgão não informou se foram encontradas irregularidades no interior.  

Os estabelecimentos fiscalizados terão que comprovar por qual motivo ocorreram elevações de preços e, caso não haja uma explicação razoável e ditada por questões econômicas, pode ser caracterizada prática abusiva.  

"A lei da oferta e da procura vale para situações de normalidade. No contexto de pandemia, o fornecedor não pode abusar do desespero e necessidade da população para obter ganhos desproporcionais", disse o diretor do Procon-SP, Fernando Capez.  

A operação continua nos próximos dias. Os fornecedores que estiverem praticando preços abusivos poderão ser punidos nos termos do Código de Defesa do Consumidor.  

O Procon-SP informa que o consumidor que se deparar com preços acima do normal, deve denunciar o caso pela internet (clique aqui). 
 
Foto: Agência Brasil



Publicidade