Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Esportes

Por dívida, Justiça determina penhora de taça do Mundial do Corinthians

A decisão veio após processo aberto pelo Instituto Santanense de Ensino Superior, que cobra R$ 2,5 milhões do clube. O troféu terá seu valor avaliado e pode ir a leilão

| FOLHAPRESS

 

Taça do Mundial de 2012 foi penhorada pela Justiça (Foto: FramePhoto / Folhapress)

A Justiça de São Paulo determinou nesta quinta-feira (8) a penhora da taça da Copa do Mundo de Clubes de 2012, conquistada pelo Corinthians após vitória por 1 a 0 contra o Chelsea, no Japão. A decisão veio após processo aberto pelo Instituto Santanense de Ensino Superior, que cobra R$ 2,5 milhões do clube. O troféu será penhorado para ter seu valor avaliado.   

A informação foi antecipada pelos portais UOL, do Grupo Folha, e pelo site da emissora televisiva ESPN.   
 
Apesar da penhora do troféu, o clube não vai se desfazer da taça imediatamente.  Por enquanto, o Corinthians está apenas impedido de realizar atividades com a taça, que não pode ser levada para fora do Brasil ou vendida.

No futuro, porém, o objeto pode ir a leilão caso a dívida não seja quitada.

Em 2008, a UniSant'Anna, de propriedade do Instituto, tinha um espaço no Parque São Jorge, sede do Corinthians no bairro da zona leste de São Paulo. O local era alugado e servia como campus para a universidade.  No entanto, a faculdade passou a alegar que o clube alvinegro impedia o acesso de alunos e funcionários, o que motivou o Instituto a buscar uma indenização na Justiça.  

O Corinthians foi condenado em 2010, e após vários recursos a instituição tenta até hoje receber os valores aos quais julga ter direito.  

Não é a primeira ação do Instituto contra o Corinthians por conta do processo. Em agosto, a entidade quis bloquear o dinheiro da venda de Rodriguinho ao Pyramids FC, do Egito.  

Já agora em novembro acusou o clube de fraude junto com a CBF, que antecipou o valor pago ao clube por chegar à final da Copa do Brasil.  


Posicionamento
Em entrevista coletiva, o presidente Andrés Sanchez ironizou o procedimento judicial."Pelo menos o Corinthians tem duas taças de Mundial para penhorar, não é? Temos terreno, ônibus, carro, temos patrimônio. O Corinthians tem dois Mundiais", disse o dirigente.  

"Estava bem adiantado o acordo [entre Corinthians e Instituto Santanense para quitar a dívida], mas os advogados [do Instituto] quiseram uma nota midiática e fizeram isso com a taça do Mundial. O que tiver de pagar, vamos pagar. Os advogados devem torcer para outro time e fizeram isso", disse Andrés.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também