Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Esportes

Daqui a pouco essa tragédia no CT do Flamengo será esquecida. Lamentavelmente

Confira a coluna do jornalista Marcio Bernardes, articulista do portal ACidade ON

| ACidadeON/Ribeirao


  
Punição

Daqui a pouco essa tragédia no CT do Flamengo será esquecida. Lamentavelmente. Assim é o ser humano. Quantos fatos tão tristes quanto esse acabaram superados por notícias mais recentes?!

Meninos morreram prematuramente. Eram como passarinhos que buscavam voos mais altos na vida. Luiz Vieira cantou os sonhos dessas crianças: "Sou menino passarinho com vontade de voar".

A consternação, os depoimentos revoltados, a repercussão na imprensa vão passar. E para evitar novas mortes no futuro os responsáveis precisam ser processados e punidos agora.

Desde o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, até os comandantes do CT. E se for o caso, também os ex dirigentes.

Recebo como afronta e desdém a declaração do CEO do Flamengo, Reinaldo Belotti. Ele disse que as instalações do Centro de Treinamento são confortáveis. Deixar crianças dormindo em um contêiner é conforto?

Mais acintoso é saber que a prefeitura aplicou 31 multas por falta de documentos necessários para a utilização do local. De acordo com a planta, onde estava o contêiner, deveria ter um estacionamento.

Se o presidente, o CEO, os gestores e responsáveis forem punidos agora, outros irresponsáveis como eles pensarão duas vezes antes de permitirem desmandos, puxadinhos, quebra-galhos etc.

Muita calma neste momento

Minhas redes sociais ficaram entupidas com mensagens de torcedores do São Paulo. Há uma indignação com a situação do time. O alto investimento nas contratações não está rendendo. É começo de temporada, não existe paciência e a paixão da torcida protesta.

A performance do São Paulo em 2019 é pífia. E o desempenho na pré-Libertadores preocupa. Nesta quarta-feira no Morumbi o Tricolor terá de se desdobrar para superar o Talleres, que venceu o primeiro jogo por 2 a 0.

Toda a ira são-paulina recai sobre o jovem técnico André Jardine. Ele não pode ser culpado exclusivamente. Sua escolha para comandar o time principal foi uma aposta arriscada dos dirigentes. Se o São Paulo não continuar na Libertadores, como sempre, a corda vai arrebentar do lado mais fraco.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook