Aguarde...

Esportes

Ex-piloto da Stock Car morre 3 dias após queda de avião

Tuka Rocha é a terceira vítima fatal em decorrência do acidente no município de Marau (BA); em 2015, ele havia vencido corrida em Ribeirão Preto

| FOLHAPRESS

Tuka Rocha tinha 36 anos de idade (Foto: Reprodução / Rede social)
 

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-piloto de Stock Car Tuka Rocha, 36, morreu na manhã deste domingo (17), vítima da queda de um avião bimotor no município de Marau, na Bahia.  

É a terceira morte em decorrência do acidente, que aconteceu na última quinta-feira (14). A informação foi confirmada pela Sesab (Secretaria de Saúde do estado da Bahia).  

Tuka Rocha estava internado no Hospital Geral do Estado, em Salvador, com 80% do corpo queimado.  Outra vítima, Maysa Marques Mussi, 27, faleceu na noite deste sábado.  

Ela era irmã da jornalista e relações públicas Marcela Brandão Elias, 37, que também morreu no acidente.  

Maysa era casada com Eduardo Mussi, irmão do deputado federal licenciado Guilherme Mussi (PP-SP). O jatinho caiu por volta das 14h da última quinta ao tentar pousar na pista de um resort de luxo no distrito de Barra Grande, em Maraú.  

A aeronave havia saído de São Paulo. Também estavam a bordo: Eduardo Elias (marido de Marcela), Eduardo (filho de 6 anos do casal), Marcelo Constantino (neto do empresário Nenê Constantino, fundador da Gol), Eduardo Mussi, Marie Cavelan, Fernando Oliveira e Aires Napoleão Guerra (piloto da aeronave).  

Os sete permanecem internados no Hospital Geral do Estado, segundo a Sesab, que não informou o estado de saúde das vítimas.

Mais do ACidade ON