Aguarde...

Esportes

Tio diz que corpo de Apolinário deve chegar até quarta

Meia ex-Botafogo morreu nesta quinta (7), após sofrer parada cardiorrespiratória durante um jogo, em Portugal; 'pegou todo mundo de surpresa', contou o parente

| ACidadeON/Ribeirao

No Botafogo, Apolinário foi eleito o melhor jogador da final da Copinha de 2015, contra o Corinthians (Imagem: Redes sociais)
 
O corpo do meio-campista Alex Apolinário, revelado pelo Botafogo em 2015, deverá chegar a Luís Antônio para ser sepultado até a próxima quarta-feira (13).  

A informação foi confirmada por Luís Alberto Apolinário, tio do jogador, que mora na cidade natal do atleta.  

O meia, que atuava no FC Alverca, de Portugal, morreu nesta quinta (7), aos 24 anos, depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória durante uma partida da 3ª Divisão do Campeonato Português.   

"Fomos informados que o corpo deve chegar até a próxima quarta [dia 13], porque a autópsia está sendo feita e deve durar 48 horas, possivelmente terminando neste final de semana. Após a autópsia, a gente prevê que o corpo seja transportado em 12 horas. Além disso, os filhos e a mulher dele ainda precisam passar pelo teste da covid-19, porque se eles tiveram contato com alguém infectado, não poderão viajar", explicou Luís Alberto em entrevista ao portal ACidade ON.

Despedida

Ao ACidade ON, o tio também contou como Alex era querido em Luís Antônio, onde nasceu.  

"Ele cresceu com a molecada aqui e todos fazem perguntas ao seu respeito. O Alex, quando vinha para Luís Antônio, sempre fazia jogos festivos para os meninos. A cidade gostava dele, que sempre teve um coração bom com todos", disse.

Ainda de acordo com o parente, Alex não possuía histórico de doença.

"Ele não tinha nenhum problema de saúde, nem a nossa família. Por isso, nós não estamos entendo o porquê da morte. Pegou todo mundo de surpresa", afirmou.  
 
Além do Botafogo, Alex Apolinário defendeu o Cruzeiro e Athletico Paranaense. Vice-campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Botafogo, em 2015, o meia estava no futebol português desde 2018.   

Ele deixa a esposa e um casal de filhos. 


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON