Aguarde...

Esportes

Castroneves vive nova fase e cogita temporada na Stock Car

'Despertou o meu amor pelo esporte', diz piloto de Ribeirão Preto sobre a principal categoria do automobilismo brasileiro

| ACidadeON/Ribeirao

Ribeirão-pretano encerrou passagem pela Penske com 30 vitórias na IndyCar (Foto: Divulgação / AFP)
 
Radicado em Ribeirão Preto, o piloto Hélio Castroneves dedicou 21 dos 45 anos ao Team Penske, tradicional equipe norte-americana que disputa a Fórmula Indy e a Nascar.  

Em 2020, a parceria chegou ao fim. No entanto, Castroneves, nascido em São Paulo, mas criado em Ribeirão Preto, teve o nome eternizado na seleta lista de pilotos do time. No último mês de dezembro, ele foi introduzido ao Hall da Fama da equipe, ao lado de nomes como Rick Mears, tricampeão da Indy, e o fundador Roger Penske.

Por lá, Hélio venceu três vezes as 500 Milhas de Indianápolis (2001, 2002 e 2009), considerada a prova mais tradicional do automobilismo. 

Vivenciando uma nova fase na carreira, o ribeirão-pretano cogita participar de ao menos uma temporada da Stock Car.

"Nesses 21 anos, eu fui praticamente criado pela Penske. Meu ciclo com a equipe acabou, mas meu coração sempre vai estar tatuado com a marca. [...] Obviamente eu adoraria voltar às pistas que conheci e andei no começo da carreira, principalmente as do Brasil. A Stock Car despertou o meu amor pelo automobilismo. Seria o máximo voltar a guiar esses carros novamente", disse Hélio em entrevista ao portal ACidade ON.

O piloto, no entanto, não deu pistas de quando esta possível disputa poderia ocorrer.  
 
Caso o desejo se concretize, não seria a primeira vez que ele participaria da principal categoria do esporte a motor no Brasil . Em 2012, Castroneves foi 14º colocado na Corrida do Milhão. No ano seguinte, correria no autódromo de rua na prova de Ribeirão Preto, mas sofreu um forte acidente no treino livre e perdeu a corrida.   
  
Shell Racing de Castroneves ficou com a parte frontal destruída após bater contra muro durante treino livre da Stock Car 2013, em Ribeirão Preto (Foto: Alexander Grunwald)
 
Definições

Após três temporadas fora, Hélio Castroneves voltará a competir no campeonato da Fórmula Indy, entre abril e setembro deste ano, pela Meyer Shank Racing. Contudo, em formato parcial, disputando seis das 17 corridas do calendário. 

Ele vai estar nas 500 Milhas de Indianápolis, Birmingham, Long Beach, Indianapolis GP, Portland e em Laguna Seca.  

Caso vença as 500 Milhas, o piloto chegará à quarta vitória na prova. Atualmente, os maiores vencedores da etapa são Al Unser, Rick Mears e A. J. Foyt - todos com quatro triunfos.  
 
"Estou muito empolgado com essa nova oportunidade em uma equipe com um grande potencial. A Meyer Shank Racing tem experiência em carro esportivo de longa duração e, ano passado, fez a temporada inteira na Fórmula Indy. Minha experiência pode ajudar a ter um segundo carro e seguir com a equipe rumo a um futuro promissor", afirmou o piloto, 11º colocado na última Indy 500. 

Ainda em 2021, Hélio também vai participar das 24h de Daytona (EUA), pela Wayne Taylor Racing, e da prova de abertura do Campeonato Mundial de Endurance (WEC), correndo com a Inter Europol Competition, em Sebring (EUA) - será a estreia dele no WEC.

"Como estive muito tempo na Penske, fiquei restrito de pilotar outros carros. O lado positivo é que vou começar com 45 anos, tendo mais experiência do que quando era jovem. Garanto que, depois que eu abaixar a viseira, vou dar o máximo para estar novamente no lugar mais alto do pódio!", ressaltou.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON