Publicidade

esportes

Família do Diego vai acompanhar final da Libertadores no Uruguai

Meia do Flamengo nasceu em Ribeirão Preto e pode se tornar bicampeão da Libertadores neste sábado na final contra o Palmeiras

| ACidadeON/Ribeirao -


Família Ribas uniformizada para a final (Foto: Gilvan Souza / Flamengo)
A família do meia Diego Ribas, de Ribeirão Preto, embarca na manhã deste sábado (17), para o Uruguai onde acompanha a final da Libertadores entre Flamengo e Palmeiras. O jogo começa às 17 horas, no estádio centenário, em Montevidéu.

Djair Ribas da Cunha, pai do jogador do rubro-negro carioca, falou com o acidadeon e revelou grande expectativa da família. "Diego participando de mais uma final de Libertadores. Todo mundo na expectativa de mais uma grande final", disse.

O pai lembrou que o Diego já tem o bicampeonato do Brasileirão pelo Flamengo (2019 e 2020) e agora busca o bi na Libertadores - foi campeão em 2019. "É lógico que a ansiedade existe, mas o Diego tem muita experiência e a trajetória de muitos títulos", disse Djair. 
 
Segundo a provável escalação do Flamengo, Diego deve iniciar a final do banco de reservas. Devido a experiência do meia, é grande a chance do técnico Renato Gaúcho utilizá-lo no decorrer do jogo (com Igor Abreu).

 
A carreira 
 
Diego Ribas da Cunha nasceu no dia 28 de fevereiro de 1985 em Ribeirão Preto. Entre 1992 e 1994, o meia passou pela categoria de base do Comercial. Depois passou pela base do Paulistinha, de São Carlos, e seguiu para o Santos em 1997. 
 
No Peixe de profissionalizou e formou dupla com Robinho, conquistando o Campeonato Brasileiro de 2002. Em 2004, no Porto, de Portugal, iniciou a passagem pela Europa. Defendeu o Werder Bremen-ALE, a Juventus-ITA, o Atlético de Marid-ESP e o Fernerbahçe-TUR. 
 
Em 2016 retornou ao Brasil para defender o Flamengo. Pela Seleção Brasileira tem 40 jogos e 9 gols. A última convocação ocorreu em 2017. 
 
 
MAIS: Dupla de Ribeirão pode ser bicampeã da Libertadores pelo Flamengo

Mais notícias


Publicidade