Após ameaça de greve, elenco do Batatais embarca para Taubaté

Jogadores ainda não receberam o pagamento de janeiro; time pode não entrar em campo nesta quarta-feira (15)

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Correa Jr

Os jogadores do Batatais chegaram a ensaiar uma "greve" e a não entrar em campo contra o Taubaté, nesta quarta-feira (15) pela quinta rodada da Série A2 do Paulista. No entanto, a situação foi contornada na tarde desta terça-feira (14), após reunião entre atletas e diretoria. Logo em seguida, a delegação do Fantasma seguiu para Taubaté.

LEIA TAMBÉM

Batatais tenta acabar com sina de empates diante do Taubaté

Não está descartada a hipótese de o Batatais não entrar em campo caso a diretoria não efetuar o pagamento dos vencimentos referentes a janeiro, além de outros compromissos firmados entre o grupo e a direção.

Recentemente, os jogadores tiveram as chuteiras roubadas no vestiário do estádio Oswaldo Scatena. A diretoria do Fantasma prometeu ressarcir o prejuízo dos atletas, mas até agora não cumpriu o acordo firmado com o elenco. Os membros da comissão técnica também estão com os salários atrasados.

Filme repetido

Na Série A2 do ano passado, os atletas do Batatais paralisaram as atividades e ameaçaram não jogar por conta da falta de pagamento dos salários. Após a competição, parte do elenco entrou com ação judicial contra o clube. Antes do início da Série A2 deste ano, o presidente André Tofetti havia prometido manter os salários do elenco em dia.


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.