Aguarde...
ON Olimpíadas

olimpíadas

Com dois gols de Marta, Brasil goleia China na estreia das Olímpiadas

Seleção Brasileira atropela chinesas, por 5 a 0, e larga com vitória na abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio

| ACidade ON

Brasil goleia China na estreia dos Jogos Olímpicos de Tóquio (Foto: Sam Robles/CBF)
Na estreia do futebol feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o Brasil atropelou a China por 5 a 0, na manhã desta quarta-feira (no horário de Brasília), no estádio de Miyagi.

Os gols da goleada foram marcados por Marta (2), Debinha, Andressa Alves e Bia Zaneratto. A equipe chinesa chegou a assustar, mas parou na boa atuação da goleira Bárbara.

Com o resultado positivo, o Brasil assume a liderança do Grupo F com três pontos e cinco gols de saldo positivo. Já a China fica na lanterna da chave. A primeira rodada se encerra ainda nesta terça, com o duelo entre Zâmbia e Holanda, às 8h.

As duas equipes voltam a campo no próximo sábado. A China encara a Zâmbia, às 5h. Na sequência, o Brasil enfrenta a Holanda, às 8h. Ambas as partidas acontecem no estádio de Miyagi.

O jogo

1º tempo

Apesar do início nervoso nos primeiros minutos da partida, o Brasil não demorou para criar a primeira chance. Após cruzamento de Bia Zaneratto, Debinha cabeceou no travessão e na sobra Marta finalizou forte, de dentro da área, para abrir o placar, aos oito minutos. 

Dominante, a Seleção conseguiu ampliar o marcador 13 minutos depois. Em bela troca de passes pelo lado direito do ataque, Bia Zaneratto entrou na área e finalizou rasteiro, no canto esquerdo da meta chinesa. A goleira Peng Shimeng fez a defesa, mas no rebote Debinha tocou para o fundo do gol. 

A única chance da China aconteceu somente aos 39, em belo chute de Miao Siwen. A meia chinesa recebeu na intermediária e arriscou de fora da área, mas parou na boa defesa da goleira Bárbara. 

Brasil domina China e larga com vitória nos Jogos Olímpicos (Foto: Sam Robles/CBF)

2º tempo 

Na segunda etapa, a China começou melhor e chegou com perigo logo aos seis minutos. Wang Shanshan foi lançada pela direita do ataque e acertou chute forte na trave esquerda do Brasil. O rebote ficou com Miao Siwen, que tentou a finalização, mas mandou por cima da meta da goleira Bárbara. 

A Seleção Brasileira criou sua primeira chance no segundo tempo apenas aos 13. Debinha recebeu na entrada da área, girou em cima da marcação e chutou com perigo. A goleira Peng Shimeng conseguiu espalmar, mas a bola ainda tocou no travessão antes de ser afastada pela defesa chinesa.

A China voltou a assustar sete minutos depois. Após falha de marcação da defesa brasileira, as chinesas chegaram com perigo na área e quase marcaram em chute cruzado, mas Bárbara salvou com a ponta dos dedos, e a bola ainda bateu na trave esquerda antes de sair. 

A resposta brasileira veio aos 28. Marta fez o cruzamento pelo lado direito para Bia Zaneratto, que tentou o chute, mas foi desarmada. Na sequência da jogada, a bola voltou para Marta, que acertou um belo chute rasteiro, no canto esquerdo da goleira chinesa e aumentou o marcador. 

Com a vitória encaminhada, o Brasil ainda balançou as redes mais duas vezes. Aos 36, Andressa Alves converteu cobrança de pênalti e marcou o quarto gol brasileiro. E sete minutos depois, Bia Zaneratto aproveitou cruzamento de Debinha e deu números finais ao confronto: 5 a 0.