Aguarde...
ON Olimpíadas

olimpíadas

Brasil passa sufoco, mas vence Alemanha na estreia das Olimpíadas

Com hat-trick de Richarlison e dominante no duelo, Seleção Olímpica leva susto na segunda etapa, mas conquista primeira vitória nos Jogos de Tóquio

| ACidade ON

Brasil passa sufoco, mas vence Alemanha na estreia das Olimpíadas (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Na estreia dos Jogos Olímpicos de Tóquio, a Seleção Brasileira Olímpica venceu a Alemanha nesta quinta-feira (21), por 4 a 2, no estádio de Yokohama. A partida foi válida pela primeira rodada do Grupo D. 

Com um hat-trick do atacante Richarlison, o Brasil abriu 3 a 0 no marcador durante o primeiro tempo, mas poderia ter feito muito mais. A equipe empilhou chances perdidas, chegou a desperdiçar um pênalti e acabou sofrendo na etapa final. 

Amiri e Ache diminuíram a diferença no marcador e recolocaram a Alemanha no jogo. Porém, nos acréscimos, Paulinho fez o quarto tento brasileiro e deu a vitória para o time do técnico André Jardine. 

Com o resultado positivo, o Brasil assume a liderança da chave ao lado da Costa do Marfim, que mais cedo venceu a Arábia Saudita, por 2 a 1. Pelo saldo de gols, a Alemanha fica na lanterna do grupo, com dois gols negativos. 

As seleções voltam a campo no próximo domingo. O Brasil encara a Costa do Marfim, às 5h30 (no horário de Brasília). Em seguida, às 8h30, a Alemanha enfrenta a Arábia Saudita. As duas partidas acontecem no estádio de Yokohama. 

O jogo 

1º tempo 

Em ritmo acelerado desde o primeiro minuto, o Brasil pressionava a saída de bola da Alemanha com uma marcação forte. E foi nesta pressão que aconteceu o primeiro lance de perigo. 

Em roubada de bola no meio-campo, Richarlison fez o passe para Matheus Cunha. O centroavante da Seleção avançou sozinho, se aproximou da área e finalizou com um chute cruzado, mas parou na defesa do goleiro Müller, aos quatro minutos. 

Com o forte intensidade, não demorou para a Seleção Olímpica colocar números no placar. O primeiro gol saiu aos seis minutos em um belo passe de Antony nas costas da zaga alemã, achando Richarlison, que invadiu a área e chutou forte. O goleiro Müller fez a defesa, mas deu rebote e, na segunda chance, o camisa 10 não perdeu e inaugurou o marcador. 

O segundo tento do Brasil saiu aos 21 minutos. Guilherme Arana chegou na linha de fundo e fez o cruzamento na cabeça de Richarlison, que ampliou o placar. 

Oito minutos depois, Richarlison fez seu terceiro gol no confronto. O camisa 10 recebeu passe de Matheus Cunha, abriu para a perna direita Richarlison e bate cruzado, de chapa, sem chance de defesa para o goleiro da Alemanha. 

Ainda no fim da primeira etapa, o Brasil perdeu a chance de marcar seu quarto gol. Daniel Alves cobrou falta na área, Matheus Cunha fez o cabeceio e a bola bateu no braço de Henrichs. Na cobrança, o centroavante da Seleção desperdiçou a chance e parou no goleiro Müller. 

A Alemanha não conseguiu criar grandes chances no primeiro tempo e pouco assustou o goleiro Santos. 

Com um hat-trick, Richarlison foi o homem do jogo na vitória brasileira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
2º tempo 


Em uma intensidade menor, o Brasil foi menos efetivo em suas investidas na etapa complementar. Esse fato animou os alemães, que logo aos 11 minutos do segundo tempo diminuíram o placar, com um chute de fora da área de Amiri. 

Aos 17, a Alemanha perdeu seu capitão Arnold, expulso após falta dura em Daniel Alves, mas mesmo assim não se abateu e continuou buscando oportunidades. 

Enquanto isso, a Seleção Brasileira empilhava chances perdidas com Matheus Cunha, que teve três oportunidades para ampliar, porém, não conseguiu converter. 

O duelo ganhou tom dramático em sua reta final e a Alemanha conseguiu diminuir mais uma vez o marcador. Após falha na marcação brasileira, Ache aproveitou cruzamento pelo lado esquerdo do ataque e marcou de cabeça. 

A vitória brasileira foi garantida somente nos acréscimos. Paulinho recebeu passe em profundidade, ajeitou para a perna direita e bateu forte, sem chances para o goleiro Müller, e deu números finais ao confronto: 4 a 2.