Publicidade

esportes

Flávia Saraiva sofre lesão, desiste de outras etapas, mas conquista vaga na final da trave

Em montanha russa de emoções, ginasta brasileira machuca o tornozelo, decide abandonar competição, mas se garante na final da Ginástica Artística

| ACidade ON -

Flávia Saraiva conquistou uma vaga na final da trave (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)
Esperança da ginástica feminina do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio, Flávia Saraiva viveu uma montanha russa de emoções na estreia da modalidade, neste domingo (25).  

Logo em sua primeira participação ela foi bem e conseguiu a marca de 13.966, na trave. Porém, na apresentação seguinte, o solo, a ginasta brasileira lesionou o tornozelo. A lesão aconteceu ao pousar no último movimento da apresentação. Ela deixou o local de competição mancando e chorando muito. Posteriormente, após conversa com seu treinador, Flávia decidiu desistir das provas restantes.

Contudo, mesmo fora das outras etapas, a ginasta brasileira conseguiu pontuação suficiente para garantir uma vaga na final da trave. Flávia terminou na 9ª colocação e a chance de disputar a fase decisiva veio pois na sua frente estavam três atletas da China e nas finais só é permitido dois atletas por país. 

Confirmada na decisão, a ginasta agora corre contra o tempo para se recuperar, já que as finais da trave acontecem no 3 de agosto, no encerramento das competições da ginástica.

Mais notícias


Publicidade