Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

esportes

São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão perde, mas se mantém na elite

A equipe de Ribeirão Preto encerra a Superliga 2018/2019 na 10ª colocação, com 19 pontos

| ACidadeON/Ribeirao

Na 10ª colocação, São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão se garante na Superliga 2019/2020 (Foto: divulgação/Renan Bin)
 
O São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão foi derrotado pelo Sesc-RJ, por 3 sets a 1, na noite deste sábado (16), pela Superliga, e encerrou a participação na temporada 2018/19. Contra a quarta melhor campanha do nacional, o time de Ribeirão Preto começou a partida ganhando o primeiro set, no Ginásio da Cava do Bosque, com parcial 25/20, porém, os cariocas viraram a partida com 14/25, 22/25 e 22/25.  

O Sesc-RJ é treinado pelo bicampeão olímpico Giovane Gávio e conta com jogadores com passagem pela seleção brasileira, como Wallace, Maurício Souza e Tiago Brendle.  

Com o resultado, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão termina a temporada na elite do vôlei brasileiro com seis vitórias e 19 pontos conquistados, permanecendo na Superliga na próxima temporada, na 10ª colocação. O Caramuru-PR e São Judas Voleibol foram os dois rebaixados para a Superliga B.  

"Nossa realidade era essa, a de brigar para permanecer na Superliga. Em determinado momento criamos possibilidades para algo mais, mas a Superliga é muito dura. Um time com um orçamento como o nosso não é fácil se manter na elite. E a gente conseguiu", analisou o treinador Marcos Pacheco.  

Na partida deste sábado, a equipe de Ribeirão Preto contou com bom público na Cava do Bosque. O ponto da vitória no primeiro set, que contou com uma boa apresentação do Vôlei Ribeirão, foi do jovem João Meirelles, que estreou na Superliga neste sábado, e foi aprovado pela comissão técnica durante uma seletiva, no início do projeto.  

"Eu não esperava, foi muito emocionante quando o Pacheco me chamou para entrar no jogo. Mas me preparei, vinha treinando e esperava essa oportunidade. Eu estava pronto e foi muito bom estrear contra uma das melhores equipes do Brasil, contra jogadores de Seleção Brasileira. Foi uma emoção intensa", declarou o atleta de 18 anos de idade.



Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook