Aguarde...

Lazer e Cultura

Ribeirão terá retomada de teatros e cinemas em 5 de outubro

Prefeitura de Ribeirão Preto publicou decreto com regras para a retomada do setor cultural a partir do mês que vem; Veja os protocolos

| ACidadeON/Ribeirao

Theatro Pedro II está de portas fechadas desde março (Foto: Alexandre de Azevedo / Prefeitura de Ribeirão Preto)

A Prefeitura de Ribeirão Preto anunciou, nesta sexta-feira (11), que cinemas, teatros, museus e centros de eventos vão poder retomar atividades no dia 5 de outubro.

A novidade vem no mesmo dia que o Estado recolocou a região de Ribeirão Preto na fase amarela do Plano São Paulo (clique aqui e veja mais). A informação da retomada do setor artístico consta no decreto 223 / 2020, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) desta sexta-feira (11).

Todos os espaços vão precisar seguir um rígido protocolo sanitário, que prevê a limitação da capacidade do espaço em 40%. "Os Cinemas, Teatros, Museus e Centros de Eventos Culturais Diversos ficam, mantida a classificação na fase amarela ou superior, liberados a partir de 05 de outubro de 2020, mediante o cumprimento, obrigatório, das exigências", diz o artigo 6º do decreto. 
 
 
Confira o protocolo sanitário para o setor:

a) Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local;

b) Respeitar distância mínima de segurança entre os presentes. Tratando-se de familiares e habitantes de uma mesma residência, a distância mínima entre eles não será aplicável. Todavia, estes deverão respeitar a distância mínima de segurança em relação aos demais presentes;

c) Usar o maior número possível de entradas para permitir maior distanciamento;

d) Suspender Intervalos durante espetáculos para que não haja movimentação do público;

e) Suspender a participação do público nos palcos durante as apresentações, bem como as fotos com artistas;

f) Conferir visualmente os ingressos, através de leitores óticos ou de auto check-in, sem contato manual por parte do atendente;

g) Manter distância mínima segura entre pessoas, mudando a disposição de mobiliário ou alternando assentos, demarcando lugares que precisarão ficar vazios, e considerando não somente o distanciamento lateral, mas também o distanciamento entre pessoas em diferentes fileiras;

h) Escalonar a saída dos eventos por fileira de assentos, a fim de evitar aglomerações em escadas, portas e corredores; A saída deverá iniciar pelas fileiras mais próximas à saída, terminando nas mais distantes, evitando assim o cruzamento entre pessoas;

i) Facultar o uso de máscaras pelos artistas durante as apresentações, atuações e performances dos mesmos, desde que respeitado o limite mínimo de distanciamento com o público;

j) Prever intervalo suficiente entre sessões para higienização completa de todos os ambientes;

k) Suspender o consumo de alimentos e bebidas nos estabelecimentos, sobretudo nas áreas fechadas, garantindo que todos mantenham o uso de suas máscaras.

Mais do ACidade ON