Publicidade

lazerecultura

Saiba por onde anda o Cowboy, campeão do BBB de Ribeirão Preto

Batemos um papo com Rodrigo Leonel que hoje está com 52 anos; Ele se recorda bem do BBB 2, realizado há 20 anos

| ACidadeON/Ribeirao -

Rodrigo Leonel está com 52 anos (Foto: José Costa Andrade / Divulgação)

Rodrigo Leonel, o cowboy, de 52 anos, conquistou o público do Big Brother Brasil há 20 anos, na edição de 2002. Natural de Ribeirão Preto, hoje ele ganha a vida como corretor de imóveis.

Em entrevista exclusiva ao acidade on, Rodrigo disse que, a partir de 2021, passou a se dedicar de forma exclusiva aos negócios imobiliários. "Entrei de cabeça na profissão. Vendo imóveis urbanos e rurais", disse.

"Estou trabalhando como autônomo, mas pretendo a abrir uma imobiliária no futuro, em parceria com a minha atual mulher", explicou. O ex-BBB é casado com Fabiana Pastori, que também é corretora de imóveis.

Já com a ex-BBB ThaisVentura, Rodrigo afirma não ter mais contato. Os dois engataram um relacionamento dentro da casa e depois ficaram juntos por quatro anos. "Ela casou e seguiu a vida dela. Não temos mais contato", disse.

Da edição do BBB 2, o Cowboy afirma ter contato pela internet com o Thyrso Mattos, que hoje é chef de cozinha, com Manuela Saadeh (vice-campeã), que se formou em filosofia, e com Moisés, que atua como comerciante na região de Porto de Galinhas-PE.

Recentemente, em uma entrevista, Rodrigo também se encontrou com Dhomini e Max, campeões do BBB 3 e do BBB 9, respectivamente. "Eu sai do BBB com uma imagem muito boa, de cowboy do interior", aponta ele como motivo para ser procurado até hoje para as entrevistas.

Sobre registros da edição 2002, Rodrigo diz ter pouca coisa. Ele tinha toda a edição do BBB 2 em fitas VHS. "Estava tudo no meu carro. Eu estava mudando do Rio de Janeiro para Ribeirão Preto e meu carro foi roubado. Levaram tudo", lamenta. 
 
Rodrigo Leonel e Dhomini (Foto: Divulgação)

Dinheiro

Ainda dentro da casa do BBB, Rodrigo projetava ser campeão e construir um centro equestre. Vencer o reality ele conseguiu, mas o prêmio - R$ 500 mil - não foi o suficiente. "O investimento para esse centro era muito maior do que eu esperava", recorda.

Rodrigo, no entanto, mantém a paixão por cavalos. Eventualmente presta serviços em alguns haras para pessoas mais próximas. "Andar a cavalo é uma terapia para mim", disse.


BBB 22

O campeão de 2002 disse que está de olho na edição de 2022. Acompanhou a abertura nesta segunda-feira (17) e pretende assistir sempre que possível. Para ele, ainda é cedo apontar um favorito. "No começo tudo é festa. Todos se gostam", finalizou. 
 
 
 



Publicidade