Publicidade

lazerecultura

Catedral de Ribeirão Preto estuda construção de cripta

Local é utilizado para enterro de bispos e arcebispos; construída entre 1904 e 1918, a Catedral de Ribeirão não conta com o espaço

| ACidadeON/Ribeirao -

Catedral Metropolitana de Ribeirão Preto (Foto: Marcelo Fontes / arquivo)
 
A Catedral Metropolitana de São Sebastião, em Ribeirão Preto, anunciou na última sexta-feira (17) que realiza estudos de um projeto para construção de uma cripta, espécie de um pequeno cemitério para o sepultamento de bispos e arcebispos. 

VEJA TAMBÉM
 

Catedral de São Sebastião: Fé e história nos 166 anos de Ribeirão
 

Entenda como começou Ribeirão Preto e veja algumas curiosidades
 
De acordo com publicação do padre Francisco Jaber Zanardo Moussa, pároco do templo, a medida segue a norma litúrgica e, também, é um pedido do arcebispo Dom Moacir Silva. O local escolhido para construção da cripta é atualmente ocupado por uma loja de artigos religiosos, no hall da entrada principal da Catedral.  

"A princípio, estamos prevendo implantar nesse espaço: um pequeno altar para celebração da liturgia exequial, Celebração Eucarística e duas covas para sepultamento dos arcebispos", informa o padre no comunicado.  

O padre Francisco Jaber recorda que, antigamente, este espaço era utilizado para celebrações de batismos, mas acabou sendo desativado ao longo dos anos, por conta das orientações do Concílio Vaticano II, que ocorreu nos anos 1960.  

"Nesse novo espaço teremos condições de criar um ambiente de oração, respeito e dignidade para os arcebispos", afirma o pároco.  

Catedral não conta com espaço  

A Catedral de São Sebastião, construída entre os anos de 1904 e 1918, nunca contou com uma cripta. Atualmente, os sepultamentos são realizados no altar principal e na nave da igreja, locais considerados de grande fluxo de pessoas pelo padre Francisco Jaber.  

Ele explica que, de acordo com a norma litúrgica, o corpo do bispo diocesano deve ser sepultado na igreja, geralmente na catedral da sua diocese. Além do bispo, o direito de realização de enterros dentro das igrejas católicas está restrito ao papa e aos cardeais.  

LEIA MAIS  

Feira do Livro de Ribeirão Preto tem oportunidades de emprego
 
 
A Catedral de São Sebastião, em Ribeirão Preto (Foto de arquivo: acidade on)




Publicidade