Cinépolis Santa Úrsula apresenta filmes fora do circuito comercial

Projeto Cinema de Arte traz películas premiadas em festivais

    • ACidadeON
    • ACidade ON
Divulgação / Diamond Films
Natalie Portman protagoniza 'Jackie', um dos filmes que chegam a Ribeirão pelo projeto Cinema de Arte (foto: Divulgação / Diamond Films)

 

Entre os tantos blockbusters que se apertam diaramente na programação das salas de Ribeirão Preto, um respiro mais alternativo para os amantes da sétima arte: o projeto Cinema de Arte.

Iniciativa da Cinépolis Santa Úrsula, o projeto tem como objetivo incluir na programação do cinema filmes alternativos à produção comercial tão dominante hoje. Presente em nove cidades do País – Fortaleza, São Luís, Natal, Recife, João Pessoa, Salvador, Manaus, São Paulo e Jundiaí –, a ação chega agora a Ribeirão Preto. “A escolha de Ribeirão Preto se faz pelo público ser receptivo ao cinema de arte e cinema em geral. Sentimos que o setor está carente de filmes alternativos e optamos por ampliar o nosso circuito de arte para a cidade com o intuito de atender a população com esse conteúdo alternativo”, explica Eduardo Chang, gerente de programação e porta-voz do projeto em Ribeirão.

E não só isso: primeiro, chegam os filmes premiados em festivais nacionais e internacionais, destacados pela crítica e imprensa e que habitualmente não chegariam à maioria das cidades. Com o tempo, chegam o público interessado e a fidelização ao projeto. “[Cinema de Arte] É um esforço para trazer os melhores filmes de arte a mais pessoas em todo o País e, principalmente, proporcionar a democratização de acesso a essas produções”, complementa Chang.

E o projeto dará a volta ao mundo: já exibe hoje produções francesas, espanholas, brasileiras, argentinas, canadenses, alemãs, iranianas – seleção feita por meio do acompanhamento dos filmes em exibição em festivais no exterior e no Brasil. 

Estreia de premiados

O Cinema de Arte é um projeto criado em Fortaleza em 1963 e abraçado pela Cinépolis em 2015. A curadoria é realizada, desde 1987, por Pedro Martins Freire, integrante do movimento cineclubista de Fortaleza e que foi crítico de cinema do jornal “Diário do Nordeste”. De cara, chegam a Ribeirão “Lion – Uma Jornada Para Casa”, vencedor do Prêmio do Público no Austin Film Festival; “Elle”, vencedor do Globo de Ouro na categoria Melhor Atriz em filme de drama (Isabelle Huppert) e Melhor Filme Estrangeiro; e “Jackie”, com indicação ao Oscar para Melhor Atriz (Natalie Portman).

Serviço

Cinema de Arte

Quando: a partir de 26/1

Filme: “Elle”

Quando: a partir de 2/2

Filme: “Jackie”

Quando: a partir de 16/2

Filme: “Lion – Uma Jornada para Casa”

Horários: de segunda a sexta, 19h30; sábado e domingo, 14h

Onde: Cinépolis Santa Úrsula (São José, 933)

inf.: (16) 3632-0568

site: www.cinemadearte.com.br


0 Comentário(s)