Cantora Fernanda Marx lança seu primeiro CD em Ribeirão Preto

Álbum Innove, que diz refletir sua relação com a música, traz as composições de Chic Hernandez, Evandro Navarro, entre outras

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Valeska Mateus
Divulgação/ Cláudio Frateschi
Capa do CD (Foto: Cláudio Frateschi)

 

A cantora ribeirão-pretana Fernanda Marx comemora seus cinco anos de carreira solo com o lançamento do primeiro disco, “Innove”, na quarta-feira (4) no Sesc Ribeirão.

No CD com nove canções inéditas, a intérprete diz revelar o seu jeito de sentir e fazer música, marcado pela versatilidade de ritmos e gêneros que influenciaram sua formação.

O repertório, que Fernanda diz ter escolhido meticulosamente, circula por samba, jazz, xote e maracatu. Nessa mescla, surgem outras nuances, texturas e sons mais interessantes. “Dentro de mim isso é muito possível. Consumo diferentes gêneros. Queria que essa minha relação estivesse representada no álbum”, diz.

Entre as canções, há composições de Chic Hernandez, Evandro Navarro, Pedro Luís (do Monobloco) e Moyseis Marques, Kiko Dinucci (Metá Metá) e da própria Fernanda – “Lembranças”, em parceria com Lucas Oliveira. “Senti que essas músicas tinham a cara do meu trabalho, a sensibilidade das pessoas que trabalham comigo e o que eu queria passar”, comenta.

Algumas foram compostas exclusivamente para ela, como “Innove”, de Lucas Oliveira, escolhida para dar nome ao álbum por falar um pouco da trajetória da intérprete, sua evolução e seu amor pela arte.

“Até junho o disco não tinha nome. Lucas é uma forte presença no CD. Assina quatro músicas e trouxe ‘Innove’ como um desafio para eu gravar voz e guitarra”, conta. “A música tem andamento dividido em nove e é a nona do disco. Depois, descobri a curiosidade que o ano nove, na astrologia, representa mudança, renovação. Um casamento perfeito”, acrescenta.

Amadurecimento

Fernanda Marx começou a cantar bem jovem, no Coral Minaz, e iniciou carreira profissional na música em 2009, como backing vocal e solista da banda Missionários do Blues. “Fui amadurecendo essa questão. Levava a música muito mais como lazer. Passei a me sentir mais madura para tocar o projeto solo”, conta.

Em 4 outubro de 2012 surgiu o primeiro show solo, “Flor de Café”. O primeiro CD vem só agora - cinco anos depois - porque queria um disco “muito bem pensado”, que refletisse seu trabalho e o que sempre quis transmitir ao público.

Mas ela diz ter aproveitado bem esse tempo, em que começou a trabalhar com pessoas diferentes, agregou novas informações, tramou parcerias e encontros. “Para mim, assim como em um show e uma peça de teatro, um CD conta uma história. Tem começo meio e fim”, define.

Gravações

No álbum, assim como no palco, Fernanda é acompanhada pela banda formada por Lucas Oliveira (guitarra), Rafael Ramos (baixo), Leandro Cunha (piano), Daniel Del Carpio (bateria) e Ricardo Perez (percussão), com direito a participações especiais de Dayane Peixe (sax), Mario Amorim “Nescau” (trompete), José Matsumoto (trombone) e também do Maracatu Chapéu de Sol.

“Foi tudo gravado ao vivo porque queria que fosse muito próximo do que o público assistirá no show. Apenas finalizei com a voz guia”, detalha.

Além das músicas do CD, o repertório da apresentação de amanhã contará com canções que contribuíram para a formação de Fernanda, mas que ela nunca interpretou em público antes. Entre elas, composições de Itamar Assumpção, Milton Nascimento e Chico Buarque.

Serviço
Lançamento do CD ‘Innove’, de Fernanda Marx
QUANDO: nesta quarta-feira (4), às 20h30
ONDE: Galpão do Sesc Ribeirão (rua Tibiriçá, 50 – Centro)
QUANTO: R$ 8,50 (meia) e R$ 17 (inteira)
INF.: (16) 3977-4477


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.