Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Lazer e Cultura

Diversão, criatividade e luxo em concurso de fantasias no Clube de Regatas

Clube de Ribeirão Preto realizou competição para crianças neste domingo (11)

| ACidadeON/Ribeirao

Fantasiada de "Cinema", bem aos moldes do kit pipoca e refrigerante das sessões de filmes, Eliza Rigobelo Conte, de 9 anos, ganhou o concurso de Fantasia Infantil do Clube de Regatas, no quesito Originalidade.  

A fantasia começou a ser elaborada um mês antes pela família. "Ela queria muito desfilar e surgiu a ideia de colocá-la em um saco de pipoca, mas ela pediu o kit e a irmã e amiga ajudaram. Estou muito feliz com a vitória por ter sido criação nossa", declarou a mãe Elen Cristina Conti, professora.

Depois de concorrer com 66 crianças, Eliza estava radiante com o título, a medalha e a bicicleta que ganhou de prêmio. "É o terceiro ano que desfilo, fiquei feliz de ganhar pela primeira vez", disse.

Em sua primeira participação no concurso, a pequena Mariah Freitas Evangelista, de apenas 2 anos e quatro meses esbanjou charme no desfile. Fantasiada de Aspirante, ela ficou com o quarto lugar em originalidade. Com uma farda exatamente como manda o protocolo, ela conquistou o público. "Ela usou a roupa na cerimônia de formatura do primo na Academia de Oficiais do Barro Branco em São Paulo, quando entregou a espada a ele, e decidimos aproveitar o ensejo e participar do concurso", revela a mãe, Luiza Evangelista, contadora.

No quesito Luxo, Raffaella Denadai, de 12 anos, conquistou o primeiro lugar entre os dez concorrentes e a vitória teve sabor de despedida. Vestida de índia, com muitas plumas, brilho e pedraria ela subiu à passarela se despedindo do concurso, já que o limite é 13 anos. Raffaella desfila desde os 2 anos e esse é o seu quinto título. Mas, ganhar dessa vez tem um sabor ainda mais especial e a deixou emocionada. "O desfile é melhor do carnaval. Fechei com chave de ouro e vou ficar com saudades", revelou Raffaella que agora pretende desfilar nas escolas de samba de sua cidade, Batatais.

E mesmo quem não foi desfilar, prestigiou as crianças e a tradição do carnaval do Clube de Regatas. Como a fisioterapeuta, Alessandra Jordão Amarolli. Eles chegaram cedo ao salão para pegar uma mesa para todos da família e amigos. Ela mesmo já desfilou quando era criança. "Sempre vim ao carnaval do clube, tenho dois filhos pequenos que associam à festa ao Regatas. O desfile é típico do carnaval, um tradição bonita e antiga", declarou.

Veja também