Raulo Ferraz e a startup dos ovos de ouro

Administrador formado na USP Ribeirão fala do negócio que criou e que já ganha investimentos para chegar a todo o Brasil

    • ACidadeON/Ribeirao
    • Juliana Rangel
Arquivo pessoal
O administrador Raulo Ferraz criou a startup Hippo Drs (Foto: Arquivo pessoal)

 

Quem diria que uma ideia que começou em uma viagem para Amsterdã sairia do papel e renderia um aporte financeiro de R$ 3,5 milhões. É exatamente o que aconteceu com o jovem Raulo Ferraz, 26 anos, que desenvolveu uma startup de saúde que, agora, ganha investimentos para chegar a todas as regiões do Brasil. Entre os investidores estão Kick Ventures, de Rodrigo Quinalha, e Thamila Zaher (Grupo SEB), que potencializam o negócio do administrador formado na Faculdade de Economia e Administração da USP (FEA-USP). Confira na entrevista o que é essa startup e como Raulo conseguiu vender a ideia.

Como surgiu a ideia da startup Hippo Drs?
Raulo Ferraz – Depois de um acidente de moto, após ser atendido na emergência, eu não conseguia consulta com um ortopedista por meio do convênio para seguir com o tratamento. Eu não poderia esperar o tempo que os médicos exigiam e também não achava justo pagar caro por uma consulta particular. Vi que ali havia uma oportunidade de negócio: fazer chegar à população serviços de saúde de qualidade, com agilidade e preços justos.

E dá para fazer isso? Como?
Tomamos como missão proporcionar a melhor experiência em serviços de saúde para todos. Para isso, somos o elo que liga o paciente aos serviços de médicos, laboratórios, diagnósticos por imagem, farmácias e até óticas. Atuamos na saúde do indivíduo desde a gestação até a terceira idade. Inicialmente, surgimos pensando em ser uma lista de médicos ou Uber da saúde, facilitando a relação médico-paciente. Mas a experiência nos mostrou que tínhamos que ir além.

Como se deu essa evolução?
Percebemos que a consulta não é o fim do atendimento de saúde. O paciente também demanda exames, medicamentos e seu uso correto. Todas essas interações nos interessam, inclusive vacinas e exames preventivos, como teste do pezinho e da orelhinha. Hoje oferecemos também pagamento online de consultas, prontuário eletrônico à disposição do paciente, por exemplo. Nossa plataforma também mudou e não se limita a um aplicativo ou website. O paciente pode interagir conosco via website e aplicativo para iOS e Android mas também por telefone e WhatsApp.

Como está a expansão do Hippo Drs?
Nos últimos 12 meses crescemos em média 20% por mês e aceleramos esse crescimento no último mês. Estamos presentes em quase 30 cidades de cinco estados brasileiros, além de Ribeirão Preto, que foi onde tudo começou. Este mês entramos em Belo Horizonte, Divinópolis, Marília, Botucatu, Ponta Grossa e São José dos Pinhais. São mais de 1.000 médicos parceiros e com o aporte de R$ 3,5 milhões que recebemos de investidores no início do ano, a meta é chegar a 100 cidades em oito estados até o final de 2017.

Por que deu tão certo?
Trabalhar muito e ouvir o paciente. Não tem um dia sequer que eu não esteja focado no Hippo Drs e no que podemos oferecer aos pacientes. Sou formado em Administração de Empresas, mas nos primeiros meses precisei aprender o básico sobre programação para criar o primeiro site. No início não tínhamos médicos cadastrados e eu atendia os pacientes por telefone apenas para entender suas necessidades e conversava até o paciente desligar.

Era uma pesquisa para conhecer o cliente?
Era. E continuamos muito ligados a isso até hoje. Ainda em 2015, eu ficava na recepção dos consultórios acompanhando e conversando com o paciente. No final da consulta, eu me identificava como sendo do Hippo Drs, e fazia uma entrevista formal para entender melhor a experiência. Fiz isso com os 50 primeiros pacientes.

O que diferencia sua ideia dos planos de saúde e outras soluções como clínicas populares?
Primeiro é a satisfação dos pacientes. Também não cobramos custo de adesão ou pagamento mensal e oferecemos agendamentos de consultas em até 48 horas a preços justos. É um modelo de negócios que também agrada aos médicos, uma vez que eles têm total liberdade para realizar seu trabalho, incluindo solicitação de exames, e são mais bem remunerados do que pelos planos de saúde. Exemplo disso é o crescimento de médicos parceiros. Este mês, por exemplo, cadastramos médicos da UFMG, em Belo Horizonte, e da Federal de São João Del Rey, para atender a população de Divinópolis.

Como está o setor de startups em Ribeirão Preto?
Ribeirão é privilegiada em diversos aspectos, existe capital para investimento, temos mão de obra qualificada saindo das universidades, temos um parque tecnológico maduro e temos um histórico de empreendedorismo de sucesso. Isso tudo ajuda a criar um ecossistema que fortalece as startups que já existem e incentiva a criação de novos projetos.

Como conseguiu atrair os investidores? Isso já fazia parte do plano inicial de negócio?
Em 2016, vencemos a Maratona de Negócios da Campus Party Brasil e depois a Venture Capital Brasil. Foi quando recebemos os primeiros aportes e saltamos de uma equipe de cinco para 22 pessoas em três meses. Notamos, porém, que estávamos olhando para a escala sem avaliar a sustentabilidade do negócio. Demos um passo atrás, reduzimos a equipe a oito pessoas, e mesmo com esse corte, nosso volume de vendas aumentou em quase 40%. Hoje, com o novo aporte que recebemos, retomamos este ciclo de crescimento de forma mais madura e sustentável. Desde o início do ano, ampliamos nossa equipe de oito para 28 pessoas e estamos contratando mais.

Arquivo pessoal
O administrador Raulo Ferraz criou a startup Hippo Drs (Foto: Arquivo pessoal)

 

O Hippo Drs nasceu e está crescendo em plena crise. Isso é sinal que dá para crescer na crise?
Não há dúvida que a crise é muito ruim para as pessoas e também para a economia de modo geral, mas também pode ser um sinal de oportunidade. Com os altos índices de desemprego e a queda no rendimento do trabalhador muita gente perdeu o plano de saúde pago pela empresa ou ficou sem condições de pagar consultas particulares. Quando buscam por uma alternativa, acabam encontrando o Hippo Drs. Nosso desafio é atender este paciente com excelência e mostrar que um novo modelo de serviços de saúde é possível.

O que você diria para quem tem uma ideia de negócio?
Primeiro descubra se você tem perfil para empreender. Se tem vontade de trabalhar muito e assumir riscos. Depois, não fique apenas na ideia. Vá atrás de qualificação, procure conhecer o mercado no qual quer atuar, procure conhecer seus clientes e faça um bom planejamento. Corra atrás dos seus objetivos. Não espere o momento ideal para poder largar a estabilidade de um emprego fixo e se tornar empreendedor. O momento é o empreendedor quem faz. Sempre com inteligência, dinamismo e muito trabalho.


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.