Aguarde...

vidaeestilo

Xô, folia: 5 praias para passar o Carnaval longe do agito

Veja nossas dicas de destinos no sudeste para você desconectar do mundo e curtir o feriado longe da bagunça

| ACidade ON


Confete, serpentina, bloquinho, marchinhas. Gente para todo lado, chuva de glitter, praias lotadas. Calor. Muito calor. Muita gente e barulho. Se você é desses que sentem um calafrio ao imaginar a muvuca dos grandes centros no Carnaval, mas mesmo assim não abre mão de curtir o feriado, este texto é para você.  


Mesmo no ritmo da folia, saiba que é possível fugir para lugares mais calmos e longe do agito típico do Carnaval. Em pleno verão, os dias pedem pé na areia e água salgada. E se a sua praia não é brigar por um espaço para colocar o guarda-sol, aqui vão dicas de cinco destinos que, além de paradisíacos, são quase desertos. Confira!  


Ilha do Cardoso (SP)  

Sem luz elétrica, Praia do Cardoso é destino certo pra quem quer se desconectar totalmente do mundo | Foto: divulgação
 Se o intuito é fazer um "detox" de tecnologia, a Ilha do Cardoso (SP) é o destino certo. Pertencente à cidade de Cananeia, a ilha fica no litoral sul paulista e conta com praias desertas, trilhas na mata atlântica e golfinhos próximos à costa. 

É o local ideal para se "desligar", visto que a área não tem sinal telefônico e tampouco energia elétrica - apenas geradores. A beleza natural, no entanto, compensa todo o sacrifício: as praias contam com inúmeras piscinas naturais (Laje, Ipanema, Fale Pequeno, Fale Grande) e a mata é repleta de cachoeiras.  


Pouso da Cajaíba (RJ)   

Pouso de Cajaíba: vila de pescadores e muito sossego para curtir o feriado no Rio de Janeiro | foto: divulgação


Situada no litoral sul de Paraty (RJ), a Enseada do Pouso fica em uma região totalmente preservada, dentro de uma reserva ecológica. O destaque fica para a praia do Pouso da Cajaíba: com cerca de 300 metros de extensão, a praia é morada de pescadores e tem acesso restrito -só é possível chegar via barco.  


O visual é de tirar o fôlego: um mar de águas verdes e calmas convida o turista para a prática do mergulho. As opções de hospedagem resumem-se a casas de aluguel e campings. Restaurantes pé na areia dão o tom rústico do local, um verdadeiro refúgio para quem está à procura de tranquilidade nos dias de folia.  


Praia Brava da Almada (SP)  
  

Praia Brava da Almada é opção de sossego em Ubatuba, São Paulo | Foto: divulgação


Ubatuba (SP) é conhecida como um verdadeiro paraíso no Sudeste. Seus mais de 100 quilômetros de costa abrigam praias exuberantes e encantadoras, muitas delas "escondidas" dos pontos mais agitados e procurados pelos turistas. Para quem quer fugir do tumulto na cidade, uma dica é a praia Brava da Almada.  


Localizada na região norte de Ubatuba, a praia é quase deserta - não há estrutura além de casas de pescadores locais, ou seja, leve seu lanche na mochila. O acesso é feito por uma trilha curta. Completamente selvagem, a paisagem conta com árvores muito próximas ao mar aberto. O visual estonteante junto ao barulho do mar quebrando nas pedras é indescritível.  


Praia do Bonete (SP)   

Praia do Bonete: uma das praias mais bonitas do Brasil é a joia tranquila em Ilhabela | Foto: divulgação


Resquícios indígenas, heranças caiçaras e uma beleza natural ímpar fazem da Praia do Bonete, em Ilhabela (SP), um lugar mais que especial. Considerada uma das praias mais bonitas do Brasil, a área conta ainda com vegetação preservada e inúmeras cachoeiras.  


Por ser de difícil acesso - os turistas chegam somente via barco ou trilha (uma caminhada de cerca de quatro horas) - , o Bonete é sinônimo de paz e sossego em meio às praias mais badaladas da ilha.  


Pousadas, hostel e campings oferecem uma boa estrutura para o turista, que pode escolher passar todos os dias do Carnaval sob sombra e água fresca no local.  


Praia do Ermitão (ES)   

No Espírito Santo, a Praia do Ermitão tem águas cristalinas e vegetação intocada | Foto: divulgação


Verdadeiro paraíso escondido em Guarapari (ES), a praia do Ermitão fica em meio a uma vegetação intacta. As águas cristalinas e rasas são um convite ao mergulho, enquanto a areia branca é refúgio para quem busca relaxar em meio à natureza.  


O acesso à praia se dá pelo Parque Morro da Pescaria, através de uma trilha de apenas um quilômetro. O visual da trilha, aliás, é um show à parte. Na praia, a estrutura conta com lanchonete. A praia do Ermitão também é ponto de partida para trilhas que levam a outros pequenos paraísos, como a Praia do Sul, repleta de piscinas naturais.

E aí? Qual praia faz mais o seu estilo? Escolha o seu local predileto e faça as malas!

Mais do ACidade ON