Aguarde...

vidaeestilo

Gosta de jardins artísticos? Conheça Santar, em Portugal

Se esse tipo de passeio arranca um sorriso do seu rosto, nossa dica para o seu próximo destino é a pequena vila de Santar.

| ACidade ON

Casa dos Condes, uma das construções que fazem parte dos Jardins de Santar, no centro de Portugal | Foto: divulgação

 
Jardins pomposos, flores de incontáveis tipos, plantas que enchem os olhos de verde e alegria. Se esse tipo de coisa arranca um sorriso do seu rosto, nossa dica para o seu próximo destino é a pequena vila de Santar.

Entre as cidades de Lisboa e Porto, Santar é um tesouro escondido no centro de Portugal que ainda não chegou aos destinos mais populares entre os turistas tradicionais. E justamente por isso, é possível ter uma experiência de viagem intensa e tranquila.

Este importante centro imerso à vinhedos da região do Dão, tem como grande atração também as suas igrejas. Entre elas, a sua Igreja Matriz, da bela Igreja da Misericórdia, classificada como Imóvel de Interesse Público, datada de 1637, a Capela de São Francisco de Assis, a Capela da Senhora da Piedade, do imponente Jardim do Paço dos Cunhas, entre outras espalhadas pela região.

Em termos de construção, o granito é o material principal. Construções de pedra estão por toda parte convidando a um olhar histórico.

É difícil descrever o poder visual de Santar, mas imagine uma cidade que encanta os olhos pela beleza aristocrática e histórica. A isso, some o deslumbre de terraços cobertos por flores e plantas, o que transformam a própria vila em um imenso jardim. Por lá, casinhas de granito e edifícios que parecem ter saído de um conto de fadas completam a paisagem rodeada por vinhas e as serras do Caramulo e da Estrela.  

Jardins de Santar: pequena vila foi transformada em atração turística no centro de Portugal | Foto: divulgação


Visitas guiadas nos Jardins de Santar

Os Jardins de Santar são um conjunto arquitetônico e paisagístico que abrange sete grandes propriedades: Casa dos Condes de Santar e Magalhães, Casa da Magnólia, Casa de Misericórdia, Jardim dos Linhares, Casa Ibérico Nogueira, Casa do Miradouro, Paço dos Cunhas e Casa das Fidalgas.

O projeto abre as portas da vila para os turistas e oferece uma experiência única para quem aprecia paisagismo e a estética aristocrática das construções da época colonial. Com isso, Os jardins de Santar se tornaram um destino irresistível, além de contribuir também para o desenvolvimento social, cultural e econômico local.

As visitas guiadas pelo espaço saem por 12,50 euros (para grupos) e 15 euros (convite individual) e 5 euros (áudio guia). Crianças até 10 anos não pagam. E você pode participar também das degustações de vinho que variam entre 12 e 40 euros.

Mais informações AQUI. 

Mais do ACidade ON