Câmara de Ribeirão derruba moção de repúdio ao Papai Noel da Noruega Câmara de Ribeirão derruba moção de repúdio ao Papai Noel da Noruega

Câmara de Ribeirão derruba moção de repúdio ao Papai Noel da Noruega

Vereador André Rodini usou a tribuna da Câmara para dizer que foi mal interpretado e que por isso pediu a anulação da moção

Papai Noel dá beijo gay em comercial da Noruega (Imagem: Reprodução)
A Câmara de Ribeirão Preto derrubou, na sessão desta quinta-feira (2), a moção de repúdio aos correios da Noruega por causa de uma propaganda envolvendo uma Papai Noel gay. O requerimento foi feito pelo vereador André Rodini (Novo), que também é o autor da moção. 
 
Como já havia adiantado ao acidade on, André Rodini usou a tribuna da Câmara para dizer que foi mal interpretado. 'Papai Noel é o espírito natalino. Não é homem, nem mulher. Fui mal interpretado e quero me retratar', disse o vereador. 
 
A derrubada do requerimento foi feita em votação englobada e contou com 14 votos a favor Elizeu Rocha (PP), Gláucia Berenice (DEM), Jean Corauci (PSB), Franco Ferro (PRTB), Bertinho Scandiuzzi (PSDB), Judeti Zilli (PT), França (PSB), Marcos Papa (CID), Duda Hidalgo (PT), Matheus Moreno (MDB), Maurício Vila Abranches (PSDB), Ramon Todas as Vozes (PSOL) e Renato Zucoloto (PP), além do próprio Rodini. 
 
Papai Noel da Noruega

A Noruega está comemorando 50 anos do fim da proibição do relacionamento de pessoas do mesmo sexo. Para marcar a data, os correios do País realizaram um comercial onde um Papai Noel aparece dando um beijo em outro homem. Foi exatamente esse comercial que foi alvo da moção de repúdio aprovada pela Câmara de Ribeirão Preto. 
 
Vereador André Rodini, autor da moção (Novo) (Fotos: Allan S.Ribeiro / Câmara de Ribeirão)


Mais Notícias

Mais Notícias