Confira onze dicas de como não levar choque elétrico

Orientações estão sendo passadas na campanha "Chega de choque" da CPFL

    • ACidadeON
    • ACidade ON
Divulgação
Campanha "Chega de choque" busca prevenir acidentes com a energia elétrica (foto: divulgação CPFL)

 

Confira 11 dicas da campanha “Chega de choque” realizada pela CPFL:

Construção e pintura (ao construir ou pintar, fique longe da rede elétrica ou fique perto de morrer):

1 - Ao construir e reformar, não aproxime vergalhões, réguas de alumínio, canos calhas e outros materiais dos fios elétricos. A simples aproximação pode causar acidentes fatais.

2 - Fique longe da rede elétrica quando for fazer o serviço de pintura. O cabo extensor é condutor de energia e a sua aproximação dos fios causa graves acidentes.

3 - Andaimes devem ser montados longe da rede de eletricidade

4 - Reparos em lajes, telhados, 2° e 3° pavimentos oferecem ainda mais riscos. Redobre a atenção

Ligações clandestinas (não coloque sua vida em perigo. Ligação clandestina é crime):

5 - Nunca faça ligações clandestinas. Além de causar acidentes fatais, é crime, e a pena é de até quatros anos de reclusão.

6 - Também conhecidas como “gatos”, essas ligações ilegais representam sérios riscos e prejuízos para toda a comunidade, pois podem causar choques e curtos-circuitos.

7 - Permita que somente funcionários com identificação da CPFL tenham acesso ao seu relógio de energia elétrica.

Pipas (nunca tente resgatar uma pipa dos fios. A sua vida pode ir pelos ares):

8 - Empinar pipa próximo à rede elétrica é muito perigoso. Oriente crianças a brincarem em parques ou em locais abertos e longe dos fios.

9 - O cerol, além de tornar a linha condutora de energia, pode cortar os fios da rede, provocando choques elétricos e graves acidentes.

10 - Não tente resgatar pipas enroscadas nos fios, telhados, postes ou torres. É melhor fazer outra e manter a brincadeira em segurança.

11 - Aos primeiros sinais de tempestade, recolha sua pipa. Ela funciona como para-raios, conduzindo energia.

 


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.