Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Política

Por causa do anexo, Câmara está devendo o plantio de 550 árvores

Acordo foi feito em 2015, entre a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e o então presidente da Câmara, Walter Gomes (PTB)

| ACidadeON/Ribeirao

Verde: Câmara se comprometeu, em 2015, a plantar 550 árvores no Parque Maurílio Biagi e não cumpriu (foto: Matheus Urenha / A Cidade)


Três anos depois do início da obra para construção de 27 gabinetes ao lado da atual Casa de Leis, a Câmara ainda não fez a compensação ambiental prevista, que é plantar 550 árvores. O acordo foi feito em 2015, entre a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e o então presidente da Câmara, Walter Gomes (PTB).  

O prazo para plantar as árvores venceu em julho de 2016. Dois meses depois, foi deflagrada a Operação Sevandija e Walter Gomes foi afastado da Câmara e depois preso. Já a obra ficou paralisada entre setembro de 2016 e março de 2018. A previsão é que o novo prédio fique pronto em janeiro de 2019. O custo total ainda não foi fechado, mas vai ultrapassar os R$ 10 milhões entre obra, acabamento e mobiliário.  

O atual presidente do Legislativo, Igor Oliveira (MDB), foi alertado sobre a existência do acordo para o plantio das árvores pela reportagem do A Cidade durante a sessão da Câmara da última quinta-feira (21).  

"A Câmara de Ribeirão Preto protocolou ofício junto à Secretaria do Meio Ambiente pedindo a prorrogação do prazo do termo de compromisso de compensação ambiental 14/2015", informou o Legislativo. O presidente agora aguarda resposta da Prefeitura para definir quando vai fazer o plantio. 

Extração de 31 árvores  

O termo 14/2015 previa que a Câmara, a partir de agosto de 2015, precisava plantar 550 árvores no Parque Maurilio Biagi em até 300 dias em decorrência da extração de 31 árvores nativas para construção do prédio anexo.  

Segundo Igor Oliveira, a medida será cumprida assim que o acordo for refeito. "Essa contrapartida é importantíssima para mantermos o equilíbrio ambiental da cidade que precisa muito de áreas verdes", disse o presidente. 

Está levantando informações  

A reportagem também questionou a Prefeitura, já que o prazo para a Câmara plantar as árvores venceu há dois anos. "A Secretaria Municipal do Meio Ambiente informa que recebeu da Câmara Municipal um requerimento de ampliação de prazo para o cumprimento do TCRA (Termo de Compromisso de Reposição Ambiental) e que está levantando as informações necessárias para responder à solicitação do Legislativo", informou o Executivo, através de nota.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Veja também