Aguarde...

ACidadeON Ribeirão Preto

Ribeirão Preto
mín. 20ºC máx. 36ºC

Política

Confira a coluna do jornalista Julio Chiavenato

O colunista comenta a política em Brasília e a demora da prefeitura de Ribeirão em abrir a UPA Oeste

| ACidadeON/Ribeirao

Pesos e medidas

Em São Paulo, no aeroporto, um advogado disse ao ministro Ricardo Lewandowski que "o Supremo é uma vergonha". O doutor chamou a Polícia Federal para "acalmá-lo". Ao chegar em Brasília o cidadão foi detido para se explicar.
Rememoremos: Eduardo Bolsonaro, filho do presidente eleito, afirmou que para fechar o Supremo bastavam um cabo e um soldado. O que aconteceu? Umas rugas nas testas togadas e o "menino", como o qualifica o pai, continua leve e solto dizendo bobagens.
Aliás, a cota da família é infinita. Este filho presidencial, nos Estados Unidos, posando com o boné Trump 2020, avisou que estava lá para "enviar uma clara mensagem, de que não seremos mais um país socialista". Caramba, estávamos sob a foice e o martelo e não me avisa-ram.
Já o pai Jair Bolsonaro, com a lucidez característica, revelou o drama: "é horrível ser patrão no Brasil". O carma patronal foi anunciado à bancada do MDB, terça-feira, na Câmara Federal.
Mas o presidente não está só. Tem a orientá-lo o guru Olavo de Carvalho, para quem "o povo brasileiro é o mais covarde, imbecil e subserviente do universo". Ele confirma nossa imbecilidade com outra informação: "Quando se trata de Brasil, quando ouço falar em cultura, eu saco meu rolo de papel higiênico". Ainda bem, os generais franquistas sacavam o revólver.
 

O negócio é torcer


Depois de três anos com Dárcy Vera e quase dois com Duarte Nogueira, anuncia-se que a UPA do Sumarezinho será inaugurada (em mais seis meses), "tocada" por uma OS contratada. O tempo de atraso é prova de incompetência; a forma como funcionará é o coroamento do quebra-galho.
Sem planejamento, dá-se um jeitinho. Como a Prefeitura não pode contratar mais funcionários para não ultrapassar o "limite prudencial de 51,3%", terceiriza. Para o governo, tudo bem. Para o Sindicato dos Servidores, uma jogada que prejudicará o atendimento.
Alguém se lembra da terceirização do Pronto Socorro Central, com reflexos negativos na Saúde até hoje?
 

Mostrando a língua

Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. (Albert Einstein)