Aguarde...

Política

Bolsonaro participa da abertura de evento conservador em Ribeirão

Por vídeo, ao vivo, presidente falou de mudanças na Cultura e dos atritos pelos vetos na lei de abuso de autoridade e das regras eleitorais

| ACidadeON/Ribeirao

Bolsonaro participou por vídeo, ao vivo, de simpósio em Ribeirão Preto (Imagem: Reprodução)

O Presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), participou, na manhã deste sábado (5), da abertura do Simpósio Nacional Conservador, realizado em Ribeirão Preto.

A participação do presidente foi ao vivo, via internet. No pronunciamento, Bolsonaro voltou a prometer mudanças na área Cultural. Durante todo o tempo, Bolsonaro foi ovacionado pelos presentes com gritos de mito.

"Nós não podemos perder a guerra com a informação. Deixamos tudo isso muito à vontade no passado. Estamos preparando mudanças na questão da Cultura, da Funarte, da Ancine. Tem muita gente empregada lá desde o primeiro ano do governo Lula (2003). A gente não vai perseguir ninguém, mas o Brasil mudou", disse.

Depois, o presidente tocou em dois assuntos: a Lei de Abuso de Autoridade e as alterações nas regras eleitorais.

"Eu vetei em grande parte a Lei de Abuso de Autoridade, mas o parlamento derrubou o veto e ela (a lei) vai estar em vigor no ano que vem", explicou. O chefe do Executivo brasileiro reforçou que não vai questionar o veto através de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (adin). "Essa briga não é mais minha", ressaltou.

"Alguns querem que eu faça discurso contra o Parlamento, contra o supremo. Mas esse não é papel meu. Seria a mesma coisa que eles começarem a fazer pronunciamentos criticando as minhas ações", analisou Bolsonaro.

Depois o assunto foi o projeto de lei que altera as regras eleitorais (PL 5029/19), sancionado no dia 27 de setembro. "Fiz os vetos e o mundo caiu na minha cabeça", disse. "Falaram que eu estava fazendo jogo de cartas marcadas, para que o parlamento derrubasse o veto para que as mudanças valessem para a eleição do ano que vem", continuou.

"E o que aconteceu? Os vetos não foram apreciados. Se forem apreciados a partir da semana que vem, eles não valem para a eleição do ano que vem. Por que a lei eleitoral precisa entrar em vigor um ano antes da eleição", explicou. "Isso só valerá (se os vetos forem derrubados) para 2022", concluiu. 
 


O Simpósio

O Simpósio Nacional Conservador de Ribeirão Preto está sendo realizado enter sábado (5) e domingo (6), com cerca de mil participantes, no Hotel JP, na zona Leste.

O evento, iniciativa do Grupo Brasil Limpo é em apoio ao Governo Bolsonaro e pretende implementar uma Agenda Conservadora para as eleições municipais de 2020.

O Simpósio é gratuito e teve todas as vagas preenchidas. As atividades têm participação especial do Brasil Paralelo e parceria com Terça Livre, Associação Nacional dos Conservadores (ACONS), Música Cultura e Informação (MCI), Crítica Nacional (CI), além de apresentações artísticas eruditas.

Mais do ACidade ON